Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/09 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Estradas francesas batem recorde histórico de congestionamento

media Trânsito congestionado na Champs-Elysées, em Paris (arquivo). Flickr/jfgornet

Neste sábado (2) que marca o primeiro final de semana de agosto, o mês tradicional de férias na França, as estradas do país acumularam mais de 900 quilômetros de congestionamento – superando os 877 quilômetros do verão de 2013 e estabelecendo um novo recorde.

O início de agosto marca o momento em que as pessoas que tiraram férias em julho estão retornando, e os que agendaram o descanso para agosto, estão partindo, por isso o momento é considerado o mais complicado para o trânsito.

O pico do movimento até agora foi atingido às 13 horas e deve piorar ao longo da tarde. O principal movimento ocorre em direção ao sul do país. Os 900 quilômetros de trânsito lento equivalem, por exemplo, a um trajeto inteiro entre Paris a Toulon, no litoral sul.

38 milhões de veículos

”O volume de tráfego é idêntico ao do ano passado, mesmo que as condições do tempo não estejam tão boas” afirmou o tenente-coronel Ghislain De Sars, do Centro Nacional de Informações Rodoviárias.

Os engarrafamentos começaram logo cedo, às 8h, e devem seguir pelo menos até às 20h deste sábado. A região mais afetada é o Vale do Rhône (Ródano), no sudoeste do país. Apesar da longa malha ferroviária, o carro continua sendo o principal meio de transporte em toda Europa. Na França, existem 38 milhões de veículos para uma população de 66 milhões – mas o aumento da frota está relativamente estagnado.
Desde 2009, o aumento de veículos circulando não ultrapassa 1% ao ano.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.