Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 16/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Em Natal de crise, franceses apelam para presentes de segunda mão

media Presentes de Natal, mais em conta, estarão embaixo dos pinheirinhos este ano. Flickr/ Creative Commons

O Natal de 2013 ficará marcado na França pela onda do "consumo responsável". Segundo uma pesquisa divulgada hoje, 47% dos franceses pretendem dar presentes de Natal de segunda mão. Desse total, 28% dizem não ter o menor constrangimento de comprar presentes usados.

A tendência do chamado "consumo colaborativo" vem crescendo e envolve, além dos objetos de segunda mão, a compra diretamente do produtor, sem passar pelo circuito comercial tradicional.

Os presentes que mais se encaixam nessa categoria, para 34% dos franceses, são os jogos e brinquedos para crianças. A pesquisa do instituto TNS Sofres também revela que 31% das pessoas têm a intenção de vender na Internet ou em lojas especializadas os presentes que ganharem no Natal.

Os adeptos do "consumo colaborativo" dizem que adquiriram esse hábito por razões econômicas, pelas boas ofertas de produtos de segunda mão, e também pelo caráter alternativo desse modo de consumo. 35% dos pesquisados acham que essa prática aumenta a vida útil dos objetos.

Entre os franceses que adoram consumir novidades, os presentes mais procurados este ano são os novos modelos de telefone celular e os drones de briquedo para crianças.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.