Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 24/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 24/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 24/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 24/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 24/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 24/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Paris lança novos talentos em sua semana da moda

media A estilista Christine Phung apresentou sua primeira coleção no calendário oficial da temporada parisiense em passarela com vista da torre Eiffel ao fundo. REUTERS/Benoit Tessier

Começou nessa terça-feira a temporada parisiense de desfiles do prêt-à-porter. Durante os próximos nove dias, marcas e estilistas de 22 países diferentes apresentam suas coleções para a primavera-verão de 2014 no hemisfério norte. Além de ter a semana de moda mais internacional do circuito, Paris continua revelando novos talentos.

Depois de Nova York, Londres e Milão, o circo da moda desembarcou em Paris nessa terça-feira, 24 de setembro, para mais uma maratona de desfiles do prêt-à-porter. Cerca de 100 marcas pontuam o calendário oficial de desfiles, além de apresentações em showrooms e vários eventos da programação off que atraem cada vez mais jornalistas, compradores e fashionistas do mundo todo para a capital francesa.

Além dos gigantes das passarelas, como as maisons Christian Dior, Saint Laurent e Chanel, a temporada parisiense está repleta de novos talentos, que já começaram a desfilar no primeiro dia, como manda a tradição. É o caso de Christine Phung, ganhadora desse ano do prêmio Andam, uma distinção organizada pela Associação nacional francesa para o desenvolvimento das artes da moda, que ofereceu 75 mil euros de recompensa à jovem de origem cambojana. Seu primeiro desfile organizado com o apoio da Galeries Lafayette, foi realizado na cobertura da famosa loja de departamentos. “Há dez anos eu trabalho na moda e isso é um reconhecimento”, disse ela após a apresentação em uma impressionante passarela com vista para a torre Eiffel.

Outros nomes menos conhecidos do grande público, mas que já dão o que falar entre os especialistas do setor, são Julien David, que já tem clientela entre Paris e Tóquio, ou ainda Simon Porte Jacquemus, um autodidata que, aos 23 anos de idade, é um dos que mais chamam a atenção da mídia especializada nessa temporada. Entre os asiáticos, cada vez mais presentes no calendário parisiense, o destaque vai para Yang Li e Masha Ma, que tentam ganhar espaço na capital mundial da moda. 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.