Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/08 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 18/08 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 18/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/08 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/08 09h33 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Neve fora de época paralisa transporte na região parisiense

media transporte público está muito perturbado; as linhas de bonde e metrô estão muito lentas ou paradas na capital francesa nesta terça-feira, 12 de março de 2013. REUTERS/John Schults

Tempestades de neve e um frio muito mais intenso do que o normal para essa época do ano paralisaram boa parte do transporte público na região parisiense nesta terça-feira, 12 de março de 2013. A circulação nas autoestradas das regiões norte e oeste do país também está muito perturbada.

Na região parisiense, onde sete milhões de pessoas utilizam diariamente o transporte público, a neve provocou perturbações tão grandes no sistema que a SNCF, a companhia ferroviária estatal francesa, aconselhou os habitantes da periferia a desistirem de ir até Paris. Ônibus, bondes, metrôs e trens interurbanos estão parados ou circulam com muita lentidão.

As aulas foram suspensas ao menos até quarta-feira nas escolas do norte do país. Na região oeste, mais de 68 mil casas ficaram sem eletricidade e muitos motoristas tiveram que passar a noite em seus carros porque as estradas estavam bloqueadas.

O trem Eurostar, que liga Londres e Paris pelo túnel sob o canal da Mancha, cancelou todas as viagens nesta terça-feira. A neve deve continuar caindo sobre toda a região até esta noite, podendo formar uma camada de até 12 centímetros.

O tráfego aéreo nos dois maiores aeroportos da França, em Orly e Roissy, teve uma redução de 20 a 25% no número de voos. Em Orly, um avião da companhia Tunisair transportando 140 pessoas saiu da pista de aterrissagem devido às condições meteorológicas. Ninguém ficou ferido no incidente.

Em compensação, todos os voos foram cancelados no aeroporto de Beauvais, a 60 quilômetros de Paris, que acolhe companhias low cost como a irlandesa Ryan Air, e no aeroporto de Lille, no norte da França.

A França, a Grã-Bretanha, a Bélgica, a Holanda e a Alemanha são os países mais afetados por essa onda de frio que atinge a região noroeste da Europa a apenas 12 dias do início da primavera.

No sul da Inglaterra, o transporte rodoviário, ferroviário e aéreo também está muito perturbado. Alguns motoristas tiveram que aandonar seus veículos em autoestradas de Sussex e Kent. O aeroporto de Jersey foi fechado devido à neve, que também afetava as estradas que conduzem ao aeroporto de Gatwick.

Na Alemanha, a enorme quantidade de neve obrigou o aeroporto de Frankfurt, o terceiro maior da Europa, a fechar. Em Berlim, o transporte público também foi prejudicado. As autoridades do país esperam ainda mais neve nas próximas horas.

Na Bélgica, o tráfego nas autoestradas está muito mais lento que o normal devido ao gelo que cobre as pistas. Os trens entre Paris e Bruxelas foram suspensos.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.