Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Desemprego de jovens aumenta na França

media O Pôle Emploi é o organismo público responsável pela divulgação de estatísticas do mercado de trabalho. Reuters

Nesta quinta-feira, o Pôle Emploi, organismo público responsável pela divulgação de estatísticas do mercado de trabalho, divulgou novos dados sobre o desemprego no país. O número de pessoas em busca de um trabalho aumentou e os jovens, a exemplo de vários países em crise da zona do euro, são os mais afetados.

O indice de desemprego aumento na França. Hoje, 2,7 milhões de pessoas estão sem trabalho no país, uma progressão registrada no primeiro trimestre de 2012. O problema afeta 9,6% da população ativa e 10% da população dos departamentos ultramarinos franceses, um nível visto pela última vez há treze anos.

As estatísticas publicadas hoje refletem um problema grave, já registrado em outros países em crise na zona do euro: o aumento de 22,5% do desemprego na faixa etária entre 15 e 24 anos, o que representa 630 mil jovens.
Outra faixa etária bastante prejudicada são as pessoas com cerca de 50 anos; são 498 mil sem trabalho.

Por outro lado, o emprego dos chamados "seniors", entre 55 e 64 anos, apresentou progresso de 3% no último ano.

O primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault considera a evolução do emprego como uma "herança" do ex-presidente Nicolas Sarkozye fez um apelo ao povo para confirmar no próximo domingo, no primeiro turno das eleições legislativas, o voto em favor dos socialistas.
 

 
O tempo de conexão expirou.