Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 27/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 27/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 27/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 26/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 26/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 26/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 26/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 26/06 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Promoções de inverno em Paris começam mais cedo para atrair turistas

media As Galerias Lafayette são um dos atrativos para os turistas em Paris afoitos por compras. Reuters

Os consumidores brasileiros são um dos alvos de uma campanha da Prefeitura de Paris para estimular o turismo e as compras na capital francesa. As promoções este ano começam mais cedo, no dia 1° de dezembro e vão até 14 de fevereiro.

Em tempos de crise econômica, é quase uma ironia incentivar o consumo de supérfluos. Mas, Paris, a capital da moda e da gastronomia, não quer perder o seu posto de queridinha dos turistas e fashionistas e, por isso, vai lançar na próxima quinta-feira uma grande ação de marketing chamada de "Shopping by Paris". As promoções, que costumam começar só em janeiro, desta vez chegam mais cedo às vitrines, com até 70% de redução nos preços.

Não é apenas o comércio de roupas e acessórios que se beneficia. A Secretaria de Turismo da capital também quer incentivar a procura por hotéis, restaurantes e passeios culturais, já que o setor é responsá vel por 25% dos empregos na cidade. Foi criado um site na internet (www.shoppingbyparis.com) com cinco opções de percursos de acordo com o perfil do consumidor.

Os brasileiros fazem parte do público alvo entre os estrangeiros. Os que mais costumam gastar em Paris são os chineses e russos. A ação deste ano também tenta atrair ainda mais os já fiéis turistas da Índia, Japão, Hong Kong e Arábia Saudita, além da clientela clássica de europeus.

A capital francesa lança todas as suas armas de sedução, já que a disputa é acirrada com Londres, Nova York e Dubai.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.