Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 24/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 24/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 24/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 24/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 24/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 24/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Nascimento de bebê real movimenta turismo no Reino Unido

Nascimento de bebê real movimenta turismo no Reino Unido
 
Harry e Meghan apresentam seu filho, Archie, sétimo na linha de sucessão ao trono britânico ocupado por sua bisavó Elizabeth II.. Dominic Lipinski/Pool via REUTERS

O mais novo integrante da família real britânica foi finalmente apresentado ao mundo. Archie Harrison Mountbatten-Windsor é o oitavo bisneto da Rainha Elizabeth II, e sétimo na linha sucessória do trono. Em tempos de Brexit, seu nascimento beneficia o turismo.

Vivian Oswald, correspondente da RFI em Londres

A família real tem um valor estimado em mais de £ 67 bilhões (cerca de R$ 344 bilhões), de acordo com a revista Forbes. Isso se refere às suas propriedades, joias, e ao dinheiro movimentado no país em torno da realeza. Um exemplo é que, toda vez que um dos três filhos do príncipe Willian e Kate Middleton aparece com uma roupa em especial, as pessoas que acompanham identificam e saem correndo para comprar. A família real pode não ser uma empresa no verdadeiro sentido da palavra, mas certamente é a marca mais valiosa do Reino Unido. Somente para o varejo, com suas lembranças e itens relacionados à monarquia, gera mais de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 3,96 bilhões) por ano.

O turismo também movimenta a economia do país e muita gente vem ao Reino Unido atraída pela realeza. Tudo isso significa que, ainda que a curiosidade das pessoas tenha sido saciada com as notícias do nascimento e do nome do bebê de Harry e Meghan, isso é apenas momentâneo, e deve durar até a próxima aparição do bebê, ou as comemorações de seu primeiro aniversário. As casas de apostas já têm palpites para quem acredita que o casal terá um segundo filho.

O bebê que veio ao mundo no dia 6 de maio é o assunto do momento. Centenas de pessoas fizeram vigília na cidade de Windsor, onde vive o casal, para esperar a chegada do bebê. Milhares comentavam a ansiedade e a expectativa do primeiro herdeiro do príncipe Harry nas redes sociais, já que o nascimento estava previsto para final de abril e início de maio. A mobilização em torno do nascimento do primeiro filho do duque e da duquesa de Sussex é impressionante. Esse é o título de nobreza do casal real, que optou por não atribuir um título ao pequeno Archie.

De repente, é como se o país não estivesse cheio de problemas, às portas do Brexit. O partido conservador da primeira-ministra Theresa May recebeu um novo recado de insatisfação das urnas nas eleições regionais na semana passada. Mas tudo isso ficou para depois, com a chegada de Archie. A verdade é que a população estava cansada desse noticiário político. Mais de 70% das pessoas diziam estar evitando ler sobre a pior crise do Reino Unido no pós-guerra.

Novela britânica

A população acompanha a vida da família real como a de personagens de uma novela. Mas desde o matrimônio de Meghan e Harry, em maio do ano passado, percebeu-se que o assédio seria enorme. Foi o casamento real de maior audiência da história, com mais de dois bilhões de telespectadores assistindo à cerimônia. Mesmo enquadrada no tradicionalíssimo protocolo da realeza, a dupla tem feito questão de mostrar-se diferente. Seriam os novos ares de uma nova geração. E tudo o que quebra a rotina, ou que foge do esperado, vira motivo de especulação.

Antes do nascimento do bebê, o casal avisou que não haveria aquela foto de sempre na saída do hospital. O anúncio de que duquesa tinha entrado em trabalho de parto foi feito depois que o bebê já tinha nascido, o que criou confusão com a mídia local. Especialistas dizem que isso aconteceu para que desse tempo de o nascimento aparecer nos jornais americanos. Mas nada disso foi confirmado. E ninguém sabe se o bebê nasceu na casa de campo do casal em Windsor, ou no hospital. Diz-se que Meghan teria preferido ser acompanhada pelos seus médicos particulares. Na véspera, houve quem apostasse que seria um menina, porque a rainha Elizabeth II foi assistir a missa toda vestida de rosa.

O nome do bebê também foi cercado de especulação. O fato é que as histórias sobre o baby Sussex, como vinha sendo chamado antes de os pais revelarem o seu nome, estão entre as mais lidas e comentadas nos últimos dias. E vão continuar chamando atenção por muito tempo.


Sobre o mesmo assunto

  • Príncipe Harry anuncia que Meghan Markle deu à luz um menino

    Saiba mais

  • Reino Unido/Família real

    Novo bebê real britânico, filho de Harry e Meghan, se chama Archie

    Saiba mais

  • Bebê Real

    "Tenho os dois melhores rapazes do mundo", diz Meghan ao apresentar bebê real

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.