Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 12/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 12/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 12/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 12/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 12/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 12/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 11/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 11/11 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Resgatado morto menino de dois anos que caiu em poço na Espanha há 13 dias

media Resgate de menino de dois anos em Totalan, sul da Espanha. REUTERS/Marcelo del Pozo

Julen Roselló, de dois anos, caiu há 13 dias em um poço estreito e profundo no sul da Espanha. Depois de uma operação de resgate sem precedentes, o corpo do menino foi encontrado morto na madrugada deste sábado (26).

"Lamentavelmente, à 01H25 desta madrugada, as equipes de resgate chegaram ao ponto do poço onde estava Julen e encontraram seu corpo sem vida", escreveu no Twitter Alfonso Gómez de Celis, representante do governo da Andaluzia.

Em uma operação sem precedentes, dificultada pelo terreno muito duro, os socorristas cavaram um túnel vertical paralelo ao profundo poço de 25 centímetros de diâmetro onde o pequeno Julen Roselló caiu.

Túnel paralelo

Uma vez escavado esse túnel, os mineiros começaram a descer por uma jaula metálica para escavar outro túnel horizontal de quatro metros para atingir o buraco onde estava a criança. O resgate também teve participação de uma equipe de bombeiros e agentes civis especializados em bombas.

Não se sabia se o menino estava vivo, e as autoridades tentaram até o final, mantendo as esperanças. Para esclarecer as circunstâncias da queda, em um poço que carecia de sinalização, a Guarda Civil interrogou os pais, o dono do terreno e os responsáveis pela prospecção do buraco.

Um tribunal de Málaga abriu um processo sobre o caso.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.