Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 26/05 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 26/05 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 26/05 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 26/05 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 26/05 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 26/05 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 25/05 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 25/05 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Tumulto em casa noturna deixa seis mortos e feridos no centro da Itália

media Bombeiros socorrem vítimas após tumulto que deixou vários mortos na Itália Vigili del Fuoco/Handout via REUTERS

Cinco adolescentes, com idades entre 14 e 16 anos, estão entre as vítimas. Incidente aconteceu na madrugada deste sábado (8) durante um show realizado próximo à cidade de Ancona.

Segundo o Corpo de Bombeiros local, a confusão pode ter começado depois de alguém disparar um spray de pimenta, causando pânico dentro do estabelecimento. Além dos mortos, pelo menos 100 feridos receberam atendimento, 13 deles estão em estado grave.

O acidente aconteceu na casa noturna Lanterna Azzurra, onde havia cerca de mil pessoas, jovens em sua maioria, que foram assistir um show do artista Sfera Ebbasta, um rapper bastante popular na região.

Entre as vítimas, estão três meninas, dois meninos e uma mãe, de 39 anos, que acompanhava os adolescentes.

O ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, se pronunciou nesta manhã sobre o caso. Segundo ele, há indícios de que havia muito mais pessoas do que o permitido dentro da casa noturna no momento do acidente. "Não é possível que as pessoas morram assim", comentou ele em um comunicado.

O ministro também anunciou um minuto de silêncio em homenagem às vítimas durante manifestação que seu partido de extrema direita, a Liga, faz esta tarde em Roma.

 
O tempo de conexão expirou.