Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/03 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/03 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/03 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/03 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/03 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/03 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/03 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 17/03 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Governo britânico valida projeto de acordo com UE sobre Brexit

media Theresa May anunciou a validação do projeto de acordo do Brexit diante do 10 Downing Street REUTERS/Toby Melville

A primeira-ministra britânica Theresa May anunciou na noite desta quarta-feira (14) que seu governo validou o projeto de acordo do Brexit concluído na véspera com Bruxelas. A informação foi confirmada por Michel Barnier, negociador oficial da separação do Reino Unido da União Europeia, mesmo se o Parlamento britânico ainda deve votar o texto.

Com informações de Muriel Delcroix, correspondente da RFI em Londres

Após cinco horas de um intenso conselho de ministros, Theresa May não escondeu o sorriso ao aparecer diante do Downing Street. "A decisão coletiva do gabinete é que o governo deve apoiar o projeto. Essa é uma etapa decisiva que nos permite seguir adiante e finalizar o acordo nos próximos dias", declarou.

A chefe do governo confirmou que a discussão com seus ministros foi agitada, mas que o projeto de acordo para a saída do país do bloco europeu era, para ela, a melhor solução possível para os interesses do país.

Logo em seguida, a Comissão Europeia publicou os detalhes do documento de cerca de 500 páginas, além de uma curta declaração sobre as futuras relações econômicas entre Londres e o bloco europeu.

Mas para Theresa May, o mais difícil ainda está por vir, já que o texto desse acordo ainda deve ser aceito em um voto no Parlamento britânico e que, por enquanto, as divergências reinam. Opositores e partidários do Brexit afirmam que o plano apresentado por May vai diminuir a influência do Reino Unido e seu controle em decisões políticas futuras.

Fronteira da Irlanda do Norte no centro das discussões

Mesmo assim, do lado de Bruxelas o negociador europeu Michel Barnier celebrou o avanço nas discussões, principalmente no que diz respeito à fronteira entre Irlanda e Irlanda do Norte, que faz parte do projeto do Brexit. Ele explicou que haverá um “território aduaneiro único” entre a União Europeia e o Reino Unido, no qual as mercadorias britânicas terão um acesso ao mercado dos 27 países da UE “sem taxas ou quotas”. Além disso, a Irlanda do Norte deve continuar alinhada às normas do mercado único, “essenciais para evitar uma fronteira rígida”, explicou Barnier.

O presidente do Conselho Europeu Donald Tusk deve convocar uma reunião de cúpula dos chefes de Estado do bloco para validar o acordo. Os negociadores afirmam que esse encontro poderia acontecer ainda este mês, no dia 25 de novembro.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.