Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 16/08 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 12/08 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 12/08 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Morre, aos 76 anos, a cantora Aretha Franklin
Europa

Macron, Merkel e May alertam Trump sobre sanções ecônomicas contra a Europa

media Macron, May e Merkel em Bruxelas (22/03/2018). REUTERS/Francois Lenoir

Emmanuel Macron, Angela Merkel e Theresa May advertiram novamente os Estados Unidos em caso de sanções comerciais contra a Europa, considerando que a União Europeia (UE) "deve estar preparada para reagir, chegado o momento, com eficácia e rapidez".

"Os três líderes esperam que Washington não tome medidas contrárias aos interesses transatlânticos", afirmaram em comunicado divulgado neste domingo (29), por Paris, um dia após a chanceler alemã, o presidente francês e a primeira-ministra britânica terem conversado por telefone.

Na última semana, Macron e Merkel viajaram a Washington, separadamente, para tentar convencer o presidente americano, Donald Trump, para que não imponha sanções comerciais contra a UE.

Vários países, incluindo Canadá, México, Coreia do Sul e os da UE se beneficiaram de exceções nas tarifas sobre o aço (25%) e o alumínio (10%) que a administração americana anunciou em março. Mas essas exceções expiram em 1° de maio e podem não serem renovadas.

Concessões/represálias

Larry Kudlow, principal assessor econômico de Donald Trump, declarou na quinta-feira (26) que a UE deveria fazer "concessões" se quer evitar as tarifas. Os europeus reiteraram que tomarão medidas de represália contra produtos americanos emblemáticos.

Emmanuel Macron e Angela Merkel também defenderam diante de Trump a manutenção do acordo sobre o programa nuclear iraniano.

Na conversa telefônica, os três mandatários concordaram em "continuar com o trabalho de convencimento até 12 de maio para que os Estados Unidos continue dentro do acordo de 2015" sobre o programa nuclear iraniano, e "começar um trabalho para integrar o que foi conquistado nesse acordo em um acordo mais amplo, que também cubra o período pós-2015, assim como as inquietações dos Estados Unidos e Europa sobre a atividade balística iraniana e os conflitos no Oriente Médio".

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.