Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 16/01 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 16/01 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 16/01 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 16/01 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 16/01 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 16/01 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 14/01 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 14/01 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Reino Unido revela preço que pagará pelo divórcio

media Theresa May, primera-ministra do Reino Unido: pronta para pagar o preço da separação? Vai depender da aprovação do parlamento britânico. REUTERS/Francois Lenoir/File Photo

O montante pago por Londres a Bruxelas pelo Brexit será entre € 40 e 45 bilhões, anunciou nesta sexta-feira (8) um porta-voz de Downing Street questionado pela AFP.

"Confirmo essas cifras", disse o porta-voz, lacônico, no dia em que autoridades britânicas e europeias anunciaram a conclusão de um acordo de princípio sobre as três principais questões relacionadas ao divórcio: o montante da fatura, o futuro da fronteira entre as duas Irlandas e os direitos dos cidadãos europeus já residentes no Reino Unido.

O montante a ser pago foi a questão mais polêmica do Brexit no Reino Unido. Pagar para sair equivalia a uma humilhação para a ala anti-UE, levando em conta que um dos principais argumentos para sair do bloco é que o Reino Unido historicamente sempre pagou mais do que deveria para pertencer ao grupo.

O governo britânico aceitou, finalmente, a cifra devido aos compromissos orçamentários adquiridos, como, por exemplo, a aposentadoria de funcionários europeus, para poder passar à fase seguinte e negociar um acordo comercial com a UE, seu principal mercado.

(Com agência AFP)

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.