Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 13/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 13/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 13/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 13/10 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 13/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 13/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 12/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 12/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Tunísia : Boca de urna aponta vitória do professor Kais Saied
Europa

Morreu menino desaparecido no ataque de Barcelona

media Julian: corpo reconhecido neste domingo. Facebook/Tony Cadman

O menino britânico-australiano de 7 anos Julian Cadman, cujo avô fez um apelo desesperado para encontrá-lo após o atentado de Barcelona, morreu em consequência dos ferimentos, informou neste domingo (20) a Proteção Civil da Catalunha.

"Foram identificadas mais três vítimas fatais do atentado de Barcelona através do DNA. Trata-se de uma pessoa com dupla cidadania australiana e britânica, uma pessoa italiana e outra belga", anunciou o departamento do governo regional, em referência ao menino, cuja mãe está ferida, e outras duas vítimas fatais, que estão entre as 14 dos ataques em Barcelona e Cambrils.

A família do menino divulgou uma mensagem emocionada: "Julian era um membro muito amado e adorado da família. Enquanto aproveitava uma visita a Barcelona com sua mãe, Julian foi tristemente tirado de nós".

"Ele tinha muita energia, era divertido e travesso, sempre nos fazia sorrir. Nós somos abençoados por que o tivemos em nossas vidas", afirma a nota, que agradece "a todos que ajudaram na busca por Julian".

Além do menino Julian, morreram no atentado uma pessoa de nacionalidade belga, duas de nacionalidade italiana, dois argentinos, um americano, dois portugueses - cujos corpos foram entregues neste domingo à família - e cinco espanhóis.

(AFP)

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.