Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Tiroteio em boate da Alemanha deixa ao menos 2 mortos e vários feridos

media Polícia patrulha região próxima à discoteca Club Grey, em Konstanz, no sul da Alemanha. Felix Kästle/AFP

Um tiroteio em uma discoteca da cidade de Konstanz, no sul da Alemanha, deixou ao menos dois mortos e quatro feridos na madrugada deste domingo (30). Polícia alemã descartou que incidente tenha motivações terroristas.

Segundo as informações da imprensa alemã, um homem chegou à discoteca Club Grey com uma pistola automática por volta das 4h30 da manhã do horário local (23h30 em Brasília). Ele atirou contra o segurança na entrada da boate, conseguiu entrar no local e mirou contra o público.

De acordo com testemunhas, a discoteca estava lotada; centenas de pessoas estavam no local no momento do tiroteio. O barulho dos tiros provocaram correria no local, muitas pessoas deixaram a boate correndo, outras se esconderam no interior do estabelecimento.

As forças de segurança foram acionadas, chegaram rapidamente e feriram o atirador, um iraquiano de 34 anos, no momento em que ele tentava fugir da boate. Um policial ficou ferido na troca de tiros com agressor, que morreu no hospital.

A pista terrorista foi descartada pelos investigadores na manhã deste domingo. Segundo as autoridades, o iraquiano não era requerente de asilo e vivia legalmente na Alemanha há algum tempo. A mídia alemã indica que o crime teria motivações passionais.

Atentado em Hamburgo

A Alemanha ainda investiga um ataque com faca na sexta-feira (28) em um supermercado de Hamburgo, no qual um homem morreu e seis pessoas ficaram feridas.

O agressor, um palestino de 26 anos nascido nos Emirados Arabes Unidos, teve seu pedido de asilo recusado pelas autoridades alemãs e já era conhecido como um radical islâmico pela polícia. Ele foi preso e continua sendo interrogado pela polícia.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.