Ouvir Baixar Podcast
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 18/11 08h57 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 18/11 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 18/11 08h30 GMT
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 17/11 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 17/11 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 17/11 14h00 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 17/11 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 17/11 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Em clima de Brexit, William e Kate fazem giro diplomático pela Europa

media William e Kate desembarcaram em Berlim acompanhados dos filhos, Charlotte e George. REUTERS/Fabrizio Bensch

Após passagem pela Polônia, o príncipe William e sua mulher, Kate, chegaram nesta quarta-feira (19) a Berlim. Os membros da família real britânica estão acompanhados dos filhos em uma viagem que já está sendo vista como um giro diplomático para recuperar a imagem da Grã-Bretanha após a votação do Brexit.

Oficialmente, a viagem não está ligada às relações entre Londres e União Europeia (UE), mas a imprensa britânica já o chama de "Brexit diplomacy tour", algo como "turnê da diplomacia do Brexit". Já do lado alemão, o jornal "Süddeutsche Zeitung" descreveu o casal como "arma secreta de Sua Majestade", que teria sido enviado por Buckingham e Londres em "missão diplomática para aliviar os temores dos países-membros da União Europeia após a votação sobre a retirada do Reino Unido do bloco".

Até mesmo os trajes do casal são fruto de análise. O vestido azul que a duquesa de Cambridge usava ao desembarcar em Berlim, por exemplo, foi interpretado como uma alusão às cores da bandeira da União Europeia.  

Para os analistas do canal de televisão alemão n-tv, Londres enviou "a nova geração para uma ofensiva de charme", e não o príncipe Charles e sua esposa, Camilla Parker Bowles. O objetivo, segundo a emissora, é enviar um "sinal tranquilizador para o futuro a longo prazo" das relações entre a ilha e o continente. "A família Real encarna essa forma de habilidade política que o governo dos Tories parece ter perdido completamente", escreveu o colunista Thomas Huetlin, do "Spiegel".

Acompanhado por seus dois filhos, Charlotte e George, o casal Real foi recebido pela chanceler alemã Angela Merkel para um almoço na Chancelaria. Depois, o duque e a duquesa de Cambridge visitaram o Portão de Brandenburgo, símbolo de Berlim onde, até 1989, um muro dividia a cidade em duas.

Em seguida, o casal foi ao memorial do Holocausto, labirinto de blocos de concreto dedicado aos 6 milhões de judeus vítimas do nazismo. Na parte da tarde, visitaram uma fundação que cuida de crianças de rua.

Na quinta-feira (20), Kate e William vão viajar para Heidelberg, no sudoeste do país. Na sexta, último dia de sua visita à Alemanha, são esperados em Hamburgo, onde vão assistir a um concerto na Filarmônica de Elbe.

(Com informações da AFP)

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.