Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 16/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Jovem alemão é preso, suspeito de preparar atentado terrorista

media Policiais e militares alemães eram o alvo do atentado planejado pelo jovem alemão convertido ao salafismo combatente DR

Um alemão de 26 anos foi detido no norte do país nesta quinta-feira (23), acusado de estar prepararando um atentado contra policiais e militares.

Interrogado pelas autoridades, o homem, que pertence à corrente salafista combatente, reconheceu estar planejando uma ação terrorista. Sua ideia era atrair policiais e soldados para uma armadilha e depois matá-los com explosivos fabricados por ele mesmo.

O tribunal de justiça da cidade de Celle, na região da Baixa Saxônia, confirmou que foram apreendidos na casa do supeito, em Northeim, diversos produtos químicos destinados à construção de explosivos. O detido, cujo nome não foi divulgado, está sendo interrogado e será indiciado por "preparação de ato grave ameaçando a segurança do estado".

Radicalismo é cada vez maior na Alemanha

O movimento jihadista vem registrando um forte crescimento no país nos últimos dois anos. Os serviços secretos estimam que há cerca de 10.000 islamitas radicais no território, dos quais 1.600 têm ligações com organizações terroristas.

A Alemanha foi alvo de diversos atentados reivindicados pelo grupo Estado Islâmico, entre eles, o ataque de um caminhão no mercado de Natal de Berlim, em dezembro passado, que matou 12 pessoas.

Os radicais também reivindicaram um assassinato em Hamburgo, um atentado a bomba, que feriu 15 pessoas, e um ataque com machado que feriu 5 pessoas.

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.