Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/10 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 19/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 19/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Onda de frio glacial provoca acidentes e mortes na Europa

media Menina caminha em Istambul, na Turquia, na manhã deste sábado (7), durante a tempestade de neve. Reuters

A onda de frio glacial que atinge a Europa e se estende até o Oriente Médio provoca nevascas, mortes e problemas no tráfego aéreo. Pelo menos dez pessoas morreram em 48 horas na Polônia, onde os termômetros registram 20°C negativos há dois dias. O aeroporto de Istambul, na Turquia, cancelou centenas de voos neste sábado (7) por causa de uma nevasca.

A massa de frio, que se desloca do polo norte para o centro da Europa e também para a região do Oriente Médio, mobiliza as autoridades. Na Polônia, a polícia pede à população para assinalar desabrigados. Só ontem, sete pessoas morreram de hipotermia no país. Desde o início de novembro, o saldo é ainda maior, com 53 mortos por causa das baixas temperaturas.

"Sexta-feira foi o dia mais trágico desse inverno", disse o porta-voz da polícia polonesa, Bozena Wysocka. A previsão é de que as temperaturas permaneçam negativas durante o fim de semana.

Na Suíça, a cidade de Davos, onde acontece de 17 a 20 de janeiro próximos o Fórum Econômico Mundial, a temperatura chegou a -19°C nesta madrugada, enquanto em Berna, no centro, fez -15,5°C. Até a Grécia, que costuma ter invernos menos rigorosos, amanheceu neste sábado com zero grau em Atenas e -15°C no norte do país.

Acidentes bloqueiam estradas na França

Trinta departamentos franceses estão em estado de alerta, devido ao risco de formação de placas de gelo em ruas e estradas. Durante a madrugada, os termômetros caíram a 20°C negativos em localidades do norte do país. Na região de Ile-de-France, onde fica a capital, a madrugada registrou temperaturas de -4°C a 13°C negativos.

Apesar das operações de prevenção, que consistem principalmente em espalhar sal no asfalto para derreter o gelo e aumentar a aderência dos pneus, os acidentes se multiplicam. Duas rodovias na região de Rouen, na Normandia, foram fechadas na manhã deste sábado, em virtude de um engavetamento de sete carros e também do capotamento de um caminhão. As autoridades suspenderam a circulação de caminhões na Normandia até a estabilização das condições climáticas. No entanto, a previsão é de que as temperaturas continuarão negativas durante todo o fim de semana.

Outra preocupação das autoridades é em relação aos moradores de rua. Em Paris, os albergues municipais estão saturados e não conseguem atender quase à metade dos pedidos de abrigo feitos pelos sem-teto.

Natal ortodoxo mais frio em 120 anos

Em Moscou, os termômetros desceram a 30°C negativos. Segundo a imprensa local, o Natal ortodoxo, celebrado na sexta-feira (6), foi o mais gelado dos últimos 120 anos na Rússia.

Em São Petersburgo, onde a temperatura caiu a -24 C° nesta madrugada, a polícia encontrou o corpo de um homem morto na rua de hipotermia.

Dois migrantes iraquianos foram encontrados mortos na Bulgária, perto da fronteira com a Turquia. Eles dormiam em uma floresta.

Tempestade de neve paralisa aeroporto de Istambul

Uma tempestade de neve paralisa Istambul neste sábado (7), causando o cancelamento de centenas de voos e perturbando o tráfego no Estreito de Bósforo. Uma camada de 40 cm de neve cobriu as ruas da cidade turca e interrompe o tráfego nas estradas da região.

A companhia aérea Turkish Airlines cancelou pelo menos 500 voos, afetando 5.900 passageiros que foram acomodados em hotéis na noite de sexta-feira (6). Quatro voos internacionais provenientes da Índia, Maldivas, África do Sul e Vietnã foram desviados para pouso no aeroporto de Gaziantep, na região sudeste da Turquia.

A Guarda Costeira suspendeu o tráfego marítimo no Bósforo, um dos estreitos mais movimentados do mundo. Deve nevar em Istambul durante todo o dia, com ligeira melhoria prevista na madrugada de domingo. No entanto, as temperaturas deverão permanecer abaixo de zero nos próximos dias.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.