Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 15/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 15/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 15/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 15/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 14/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 14/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Turismo: Europa ainda atrai turistas, mas França perde reservas

media Turistas relaxam em piscina de hotel na ilha de Santorini, na Grécia. EUTERS/Cathal McNaughton

Em pleno mês de férias na Europa, os jornais franceses desta terça-feira (2) mostram que o setor do turismo resiste globalmente à ameaça terrorista. Desde o início do ano, indicadores mostram que o fluxo de turistas estrangeiros para os países europeus segue em alta, à exceção da França, onde os hotéis registraram queda de reservas no mês de julho.

O setor turístico francês começa a contabilizar as perdas devido à ameaça terrorista e ao estado de emergência decretado após os atentados de Paris e prolongado depois do ataque em Nice. Clientes coreanos, japoneses e americanos, muito sensíveis às questões de segurança, boicotam a rede hoteleira da capital e da Riviera Francesa, que registraram uma queda de movimento de 14% em julho.

O diário econômico Les Echos diz em manchete que Paris é a cidade francesa mais prejudicada pela ausência de turistas estrangeiros. Em compensação, as cidades do interior da França, que oferecem um turismo popular, com hospedagem em campings e pequenas estruturas, mantiveram em julho um bom número de reservas e estão otimistas para o mês de agosto.

A diminuição do fluxo de turistas para a França contraria a tendência europeia. Nos quatro primeiros meses do ano, segundo dados da Organização Mundial do Turismo, o movimento de turistas estrangeiros nos países europeus cresceu 4%. É um resultado um pouco abaixo dos 5% da média global, mas ainda assim honorável. A informação é do Le Figaro.

A Grécia deve ser um dos países com melhor desempenho turístico neste verão, apesar de entrar no oitavo ano de recessão. Os voos internacionais para os aereportos das ilhas gregas aumentaram 10% em agosto, um ponto a mais do que no mês anterior. Os hoteis gregos estão praticamente lotados. Só entre os turistas russos, a alta de frequência é de 47%, segundo o Ministério do Turismo grego.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.