Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/10 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 19/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 19/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Volkswagen vai propor troca de motores a diesel

media O governo alemão solicitou à Volkswagen que apresente um plano de medidas para remediar os problemas dos seus motores a diesel. REUTERS/Wolfgang Rattay

O novo CEO da Volkswagen, Matthias Muller, anunciou na noite de segunda-feira (28) que o grupo vai propor nos próximos dias aos seus clientes a troca de motores em carros a diesel, suspeitos de terem um software fraudulento sobre emissão de poluentes. A fraude envolve 11 milhões de veículos em todo o mundo, mas não está claro se todos poderão fazer parte da operação.

Matthias Muller disse que as autoridades serão informadas no mês de outubro sobre as soluções técnicas para o problema. A agência de fiscalização alemã deu prazo até o dia 7 de outubro para a empresa detalhar o plano para se adequar às normas sobre emissões de poluentes de seus carros à diesel.

Muller também informou que a Volkswagen vai se tornar uma marca independente da Porsche e da Audi. O executivo afirma que a nova estrutura da empresa marcará a primeira etapa de mordenização do grupo, que enfrenta o pior escândalo em 78 anos de existência.

Repercussão

A prefeitura de Wolfsburg, no norte da Alemanha, sede da Volkswagen, decidiu suspender novas contratações de funcionários e congelar futuros projetos na cidade, já prevendo os efeitos de uma queda de arrecadação dos cofres públicos por causa do escândalo da Volks.

A montadora patrocina diversas atividades culturais e esportivas no município, além da equipe de futebol profissional da cidade.

Setecentos mil modelos Seat com o problema

A marca espanhola Seat, propriedade do grupo VW, vendeu quase 700.000 veículos em todo o mundo com o motor a diesel implicado no escândalo. A Seat está investigando quantos carros foram vendidos na Espanha e quais são os modelos afetados.

Comprada pela Volks nos anos 1980, a Seat "decidiu suspender temporariamente as vendas e entregas de todos os veículos novos equipados com motor diesel EA189". Segundo um porta-voz da empresa, os proprietários dos veículos equipados com motores EA189 serão convocados às oficinas autorizadas para as revisões necessárias.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.