Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 20/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/10 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 20/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 20/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Internautas tiram a roupa no Facebook para apoiar príncipe Harry

media As fotos nuas de uma brincadeira do príncipe Harry em Las Vegas foram parar no tablóide britânico The Sun e em jornais e site de todo o mundo na semana passada. REUTERS/Toby Melville

Mais de 14 mil pessoas aderiram ao movimento “Apoie o príncipe Harry com uma saudação nua” no Facebook, depois que o jovem da realeza britânica teve suas fotos nuas, tiradas durante uma festa em Las Vegas, publicadas por jornais e sites de todo o mundo. Desde então, dezenas de simpatizantes vêm postando imagens sem roupas na rede social.

Os participantes da ação são homens, mulheres e até mesmo crianças de todos os lugares do mundo, nus ou parcialmente despidos. Fazendo a típica saudação militar, eles escondem suas partes íntimas, muitas vezes com a bandeira do Reino Unido.

O idealizador do movimento é Jordan Wylie, um ex-soldado da cavalaria britânica, de 28 anos, que decidiu apoiar o príncipe que é piloto do Exército do Reino Unido. O grupo teve tanto sucesso na rede social que chegou a criar um website e uma conta no Twitter.

De acordo com o tablóide The Sun, o único jornal britânico a mostrar as polêmicas fotos de Harry, a intenção de Wylie é de “fazer Harry sorrir”. O quotidiano resolveu publicar as imagens na semana passada, apesar de um pedido contrário da família real, sob a justificativa da “liberdade de imprensa”.

No último domingo, o magnata da comunicação e proprietário do The Sun defendeu o príncipe. “É preciso deixá-lo tranquilo. Ele faz parte das personalidades públicas, mas as pessoas o adoram mesmo quando ele está se divertindo em Las Vegas”, declarou.

Harry, que é o terceiro à sucessão do trono britânico, estava de férias em Las Vegas na semana passada. As imagens nuas do jovem foram feitas durante uma partida de strip poker da qual garotas também participavam.

Ele não será penalizado pelo Exército britânica ou pela família real e seus engajamentos militares serão mantidos. A população do Reino Unido não se incomodou com a nudez pública de Harry porque respeitou o fato de que ele estava de férias.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.