Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 17/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 17/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/09 15h00 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Incêndio na fronteira francesa com a Espanha deixa 4 mortos

media Segundo Bernard Cazeneuve, ministro francês dos Assuntos Europeus, a França mobiliza todos os seus meios para ajudar a controlar o fogo na Catalunha. REUTERS/Pascal Rossignol

O fogo, que começou domingo à tarde no nordeste da Espanha, próximo a fronteira com a França, continua ativo na manhã desta segunda-feira. Apesar de não controlado pelos bombeiros, ele parou de avançar e uma ligeira trégua no vento, permitiu que seis aviões levassem água até o local.

O calor intenso e o vento forte neste domingo fizeram o incêndio se alastrar com rapidez. As chamas já consumiram pelo menos 12 mil hectares de floresta e provocaram a morte de 4 pessoas. Várias estradas estão bloqueadas. A via que liga a França à Espanha, a A9 Barcelona-Perpignan, fechada na tarde de ontem, reabriu esta manhã. As autoridades pedem a população que não saia de casa e fechem portas e janelas, já que imensas nuvens de fumaça negra cobrem a região.

O governo francês mobiliza todos os seus meios para ajudar o país vizinho e controlar o fogo na Catalunha, segundo o ministro francês dos Assuntos Europeus, Bernard Cazeneuve. "A solidariedade com a Espanha é total, pois nós temos uma fronteira comum e é normal ajudar um país da União Europeia confrontado a um drama que pode representar um perigo para a população", afirmou.

A França enviou nesta segunda-feira mais cem bombeiros para a região espanhola atingida pelas chamas, que se juntam aos 200 que já foram durante o final de semana. O governo francês também participa com seis aviões.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.