Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Noruega lembra um ano do massacre de Anders Breivik

media Primeiro-ministro norueguês Jens Stoltenberg e rei Harald (d) durante cerimônia em homenagem às vítimas. REUTERS/Berit Roald/NTB Scanpix

Esse domingo marca um ano do massacre que deixou 77 mortos na Noruega, quando o extremista de Anders Breivik explodiu um carro na capital antes de metralhar dezenas de jovens na ilha de Utoya. Milhares de pessoas se reuniram em Oslo para homenagear as vítimas do atirador Anders Breivik, que espera o resultado de seu julgamento.

Dezenas de milhares de pessoas se reuniram nesse domingo em Oslo para prestar homenagem às 77 vítimas fatais do massacre ocorrido há exatamente um ano no país. A cerimônia contou com a participação de sobreviventes e parentes das vítimas, mas também da família real e do primeiro-ministro, Jens Stoltenberg. “Temos que celebrar os mortos e saborear a vida", disse o premiê em um discurso durante o evento.

Segundo a polícia local, 50 mil pessoas enfrentaram a chuva para participar da cerimônia, que foi transmitida ao vivo pela televisão pública norueguesa. Em seguida, jovens militantes do partido trabalhista se reuniram na ilha de Utoya, onde Anders Breivik matou 69 pessoas, a maioria estudantes, após ter explodido uma bomba perto da sede do governo. A deflagração fez oito mortos.

O aniversário do massacre também teve a participação de artistas, que deram um show em homenagem às vítimas. O cantor Bruce Springsteen foi uma das estrelas do concerto, que também contou com vários grupos e músicos locais.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.