Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Entra em vigor na Espanha redução do limite de velocidade

media Limite máximo de velocidade nas estradas da Espanha é reduzido para 110 km/h. Reuters

A partir desta segunda-feira, os veículos que rodarem nas estradas da Espanha não poderão ultrapassar a velocidade de 110 km/h, menor do que os 120km/h permitidos anteriormente. A redução faz parte do plano de economia energética aprovado pelo governo espanhol, na sexta-feira, para reduzir as importações de petróleo.

Diante da forte alta do preço do barril de petróleo por causa da crise social nos países árabes, incluindo a Líbia, o governo da Espanha tomou uma decisão drástica para diminuir o consumo de combustíveis derivados do petróleo. Diminuiu a velocidade máxima nas estradas por um período transitório de, no mínimo, quatro meses.

Todas as seis mil placas que limitavam a velocidade a 120 km/h estão recebendo adesivos com a nova marcação de 110 km/h. Os 117 radares gerenciados pelo Estado também foram atualizados.

Os motoristas que forem flagrados rodando acima dos 110 km/h em rodovias espanholas terão que pagar uma multa a partir de 100 euros, cerca de 230 reais.

Maioria dos espanhois é contra a redução

A mudança não foi bem recebida entre a população. Quase 70% dos espanhois desaprovam a medida, de acordo com uma pesquisa do Instituto Metroscopia solicitada pelo jornal El Pais. O novo limite foi criticado inclusive pelo campeão espanhol de Fórmula 1 Fernando Alonso.

Segundo o governo, o plano de economia do consumo energético terá um custo de 1,1 bilhões de euros. Em contrapartida, permitirá uma economia de 2,3 bilhões de euros com a redução da importação de petróleo anual em 5%.

Parte desse dinheiro será direcionada ao setor de transportes públicos e as passagens de trens de subúrbios da Espanha de média distância deverão ficar mais baratas.

O preço do barril de petróleo bateu novos recordes nos últimos dias, chegando a 120 dólares.

 
O tempo de conexão expirou.