Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 17/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 17/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/09 15h00 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Imprensa francesa e torcida aprovam retorno "tranquilo" de Neymar

media Neymar celebra gol marcado aos 9 minutos contra o Caen. REUTERS/Regis Duvignau

A imprensa francesa comenta nesta segunda-feira (13) o retorno "tranquilo" de Neymar ao PSG na estreia do time na temporada. O camisa 10 passou seis meses afastado do gramado do Parque dos Príncipes, depois da lesão no pé direito e da dura eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa da Rússia.

Neymar não atuava pelo PSG desde fevereiro, quando saiu de maca depois de fraturar o quinto metatarso do pé direito, e só havia jogado 15 minutos na semana passada, na vitória do clube na Supercopa da França. O estádio estava lotado, com 47 mil torcedores na tribuna e nas arquibancadas, apesar de agosto ser o auge das férias de verão.

Para a agência AFP, os parisienses fizeram um retorno triunfal contra o Caen. O clube se apresentou perfeito em campo, avalia a AFP. Havia motivos para observar de perto as novidades no time: as escolhas táticas do novo técnico, o alemão Thomas Tuchel, a estreia do goleiro Gianluigi Buffon e o retorno de Neymar, convincente.

Le Parisien diz que a choradeira terminou e foi substituída por sorrisos e ovação dos torcedores. Quando desceu do ônibus, Neymar foi recebido com aplausos no tapete vermelho na entrada do estádio e fez a torcida vibrar quando abriu o placar aos 9 minutos, na vitória de 3 a 0 dos parisienses. Ele também foi o jogador mais aplaudido durante a apresentação das equipes, isto depois da homenagem prestada aos três jogadores do PSG campeões do mundo: Mbappé, Kimpembe e Areola. Mbappé e Cavani não jogaram, mas isso não tirou o brilho de Neymar, que atuou na posição de centro-avante, diferente da ponta esquerda habitual.

Novatos passam pelo teste

Apesar da ausência de muitos titulares, incluindo seus três campeões mundiais, o PSG calou o Caen, escreve Le Figaro. No intervalo, os fãs ainda vibraram com a despedida de Javier Pastore, transferido para o Roma.

L'Equipe avaliou positivamente a escalação de um trio de jovens jogadores do centro de formação do PSG. Para o diário esportivo, N'Soki, Bernède e Dagba se mostraram à altura do desafio. Weah e Diaby também jogaram bem. Com essas opções na manga, L'Equipe estima que o técnico Thomas Tuchel não irá hesitar em usar esses novatos ao longo do campeonato.

Os jogadores que receberam a melhor avaliação do L'Equipe na partida foram Dagba e Rabiot, autor do segundo gol, ambos com nota 7. Marquinhos, Thiago Silva e Neymar ficaram com um mediano 5. Le Parisien deu 7 para Di Maria e 6 para Neymar.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.