Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 16/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

GP da França: Hamilton domina corrida e retoma liderança do campeonato

media Lewis Hamilton comemora vitória no circuito Paul Ricard, do GP da França. REUTERS/Jean-Paul Pelissier

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) se impôs com tranquilidade no Grande Prêmio da França, neste domingo (24), e recuperou a liderança do mundial de Fórmula 1 do alemão Sebastian Vettel, que terminou em quinto após choque na primeira volta.

O holandês Max Verstappen (Red Bull) e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari) completaram o pódio, respectivamente na segunda e terceira colocações.

Hamilton dominou os treinos livres e largou da pole position. O britânico tem agora 14 pontos de vantagem na liderança do mundial.

Vettel, julgado responsável pelo choque com o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), recebeu cinco segundos de punição.

O dinamarquês Kevin Magnussen (Haas), Bottas, o espanhol Carlos Sainz Jr (Renault), o alemão Nico Hülkenberg (Renault) e o monegasco Charles Leclerc (Sauber) completaram o top-10 da corrida.

Incidentes

Os repetidos incidentes da primeira volta provocaram a paralisação da corrida com o carro de segurança até a quinta volta.

Os franceses Pieer Gasly (Toro Rosso) e Esteban Ocon (Force India) foram obrigados a deixar a corrida após batida pouco tempo depois do início da corrida.

O mexicano Sergio Pérez (Force India), o canadense Lance Stroll (Williams) e o espanhol Fernando Alonso (McLaren) também abandonaram a corrida antes da bandeirada final.

A próxima corrida será no GP da Áustria, dia 1º de julho.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.