Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 23/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 23/09 09h30 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 21/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 21/09 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Para imprensa francesa, Brasil fracassou na estreia contra a Suíça na Copa

media Suíço Valon Behrami faz falta em Neymar. REUTERS/Jason Cairnduff

Para a imprensa francesa, o Brasil fracassou em sua estreia na Copa da Rússia. Os jornais desta segunda-feira (17) dizem que o futebol que a Seleção Brasileira mostrou em campo, no empate de 1-1 com a Suíça, ficou bem a desejar para uma equipe considerada favorita ao título.

A seleção suíça havia dito antes que iria bloquear o maior tempo possível e ela fez um pouco mais do que isso, indo para o gol do empate no segundo tempo, no momento em que o pentacampeão mundial vacilou, avalia o jornal L'Equipe.

O maior jornal esportivo da França considerou os brasileiros "convincentes" no primeiro tempo, "explorando bem as laterais, aproveitando a alta mobilidade de Marcelo e Willian para desorganizar a retaguarda suíça". Mas os passes para Gabriel Jesus ou Neymar não funcionaram muito bem, enquanto para Paulinho ou Philippe Coutinho foram mais eficazes.

L'Equipe elogia o meio-campo do Barcelona. "Philippe Coutinho jogou melhor do que Neymar, com um aproveitamento preciso de 90% dos 77 passes que recebeu." Neymar estava "sem a vivacidade das grandes noites em Paris", nota o jornal. Nos últimos 15 minutos da partida, o atacante do PSG pareceu um pouco mais em forma. O diário esportivo dá crédito à versão de Tite, que tinha avisado que Neymar ainda não estava 100% recuperado da ausência provocada pela cirurgia no pé direito.

Brasil x Alemanha nas oitavas?

Le Parisien também diz que depois de ficar quase três meses parado, "Neymar perdeu parcialmente sua estreia na Copa". A Seleção estava pouco inspirada, observa este jornal, destacando que há 40 anos o Brasil não saía de uma estreia no Mundial com um empate. A última vez foi contra a Suécia, em 1978, e com o mesmo placar de 1-1.

Além do inesperado empate do Brasil, a imprensa critica outra seleção favorita ao título, a Alemanha, que perdeu de 1-0 para o México. Segundo Le Parisien, a Alemanha está em maus lençóis. O ponto fraco da equipe tetracampeã do mundo é a defesa, que deixa o espaço muito aberto. Todos já antecipam o eventual cenário de um enfrentamento entre o Brasil e a Alemanha nas oitavas de final. As duas equipes precisam correr atrás do prejuízo para evitar uma enorme desilusão.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.