Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/05 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/05 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/05 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/05 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/05 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/05 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 20/05 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 20/05 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Neymar é eleito melhor jogador do futebol francês e rebate rumores de saída do PSG

media Neymar recebe das mãos de Ronaldo Fenômeno o troféu de melhor jogador da temporada do futebol francês. Foto: Divulgação UNPF

Neymar foi um dos protagonistas na cerimônia de premiação dos melhores do Campeonato francês na noite deste domingo (13) ao receber o troféu de melhor jogador da temporada do Sindicato Nacional dos Futebolistas Profissionais do país  (UNFP, na sigla em francês). Com o maior número de assistências, 13, e terceiro artilheiro da competição com 19 gols em 20 jogos, ele sucedeu seu companheiro de equipe, o uruguaio Edison Cavani, ausente na festa.

Contratado por € 222 milhões do Barcelona em agosto do ano passado, na transferência mais cara da história do futebol, Neymar trouxe brilho e prestígio ao futebol francês, mas também se envolveu em polêmicas com o uruguaio Cavani e com o treinador Unai Emery.  

E apesar da longa ausência dos gramados devido à contusão no pé, e pelo fracasso na Liga dos Campeões da Europa, com a eliminação nas oitavas de final pelo Real Madrid, o atacante brasileiro viu aspectos positivos na primeira temporada com o time parisiense.

“Foi um ano diferente, de aprendizado. Todos sabem os objetivos que eu tinha com o Paris. Mas, no balanço geral, foi uma ótima temporada, acabou sendo atrapalhada pela contusão que tive, de ficar três meses parado. É horrível para um atleta, mas feliz pela média de jogos, de gols e por ter ajudado meus companheiros de alguma forma", afirmou.

Neymar deve voltar aos treinos nesta quarta-feira (16) quando todos os jogadores do Paris Saint-Germain voltam a se reunir para a disputa do último jogo do campeonato contra o Caen no final de semana.

O atacante ainda não sabe como será sua volta ao gramado no treinamento com bola. “O sentimento está cada vez maior, muito feliz de poder voltar a correr, estar perto de fazer o que eu gosto. Não sei quais serão meus próximos treinos, mas (devo) participar de alguma parte do treino, para mim já é bom, para se sentir mais tranquilo".

O atacante não escondeu que seu grande objetivo é se preparar para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo. "Estou muito feliz de estar chegando e espero fazer o meu melhor para dar esse título para os Brasil".

Antes da cerimônia, em conversas com jornalistas, seu companheiro de equipe, o capitão Thiago Silva, relatou o estado de espírito de Neymar com o retorno aos treinos no gramado dentro de três dias. “A felicidade é como de uma criança tocando na bola pela primeira vez. A ansiedade dele é muito grande, com um pouco de medo e de receio de estar pisando no chão e jogando novamente, mas isso é questão de tempo", afirmou.

Fica ou sai do PSG?

Apesar da grande festa em torno de Neymar e da expectativa para que fique no futebol francês, o futuro do craque e a possibilidade que deixe o PSG alimentam a imprensa europeia.

Depois de várias semanas de informações sobre uma eventual transferência para o Real Madrid, neste domingo (13) a imprensa britânica contribuiu para aumentar os rumores sobre novos horizontes para o jogador de 26 anos. O The Mirror indicou que o Manchester United estaria interessado no atacante.

No sábado, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaif garantiu “com 2.000% de certeza” que Neymar fica no clube na próxima temporada.

Já o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, que entregou o troféu para Neymar na cerimônia e torce para ele um dia vestir a camiseta merengue, prefere driblar as especulações sobre uma eventual mudança para a capital espanhola. "Eu não decido nada sobre o Real Madrid, acompanho o que sai na imprensa. Até agora não tem nada confirmado, se há alguma negociação ou não. Vou acompanhar, estar de olho. Não sei o que vai acontecer", declarou o Fenômeno.

Na entrevista após a cerimônia da 27ª edição do Troféu da UNFP, Neymar, no entanto, comentou a contra gosto os rumores e adotou um tom cauteloso para falar sobre seu futuro.

“Toda janela (de transferências de jogadores) é assim, falam diversas coisas. Eu não estou no momento de falar sobre nada. Todo mundo sabe o que eu vim fazer aqui (em Paris), os objetivos que eu tenho. Agora, o meu objetivo é a Copa do Mundo. Não é ficar falando sobre transferência ou não. Isso aí eu estou passando minha vida inteira. Toda janela falam sobre isso. É um pouco chato", concluiu.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.