Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 13/12 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 13/12 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 13/12 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 13/12 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 13/12 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 13/12 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 09/12 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 09/12 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

PSG perde em casa para o Real Madrid e é eliminado da Liga dos Campeões

media Equipe do Real Madrid comemora gol da vitória do brasileiro Casemiro contra o PSG em 6 de março de 2018. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Com gols de Cristiano Ronaldo e do brasileiro Casemiro, o Real Madrid venceu o PSG por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (6), no Parc des Princes, em Paris. Com o resultado, o time merengue avançou para as quartas de final e pôs fim ao sonho do clube francês de conquistar o prestigioso troféu europeu.

A missão do Paris Saint-Germain não era das mais fáceis. Depois da derrota de 3 a 1 no jogo de ida, o time parisiense tinha a obrigação de vencer em casa por pelo menos dois gols de diferença ou três, se o adversário marcasse.

Antes do início do jogo, torcedores exibiram nas arquibancadas imensas faixas de incentivo aos jogadores: “Façam-nos sonhar” e “Juntos vamos conseguir”. No entanto, o apoio vibrante não surtiu efeito dentro de campo. Sem Neymar, que se recupera no Brasil de uma contusão no pé direito, o trio ofensivo do PSG formado por Cavani, Mbappé e Di Maria não conseguiu furar o compacto sistema defensivo madrilhenho.

Apesar da pressão, o time treinado por Zidane foi quem criou a melhor oportunidade, com Benzema, mas o goleiro Areola defendeu.

Com a obrigação de vencer para reverter a derrota na capital espanhola, o PSG foi com tudo para o ataque na etapa final.

Uma perda de bola de Daniel Alves para Asensio levou o Real Madrid à jogada de contra-ataque que começou a ruir o sonho parisiense. O português Cristiano Ronaldo completou de cabeça, sem marcação, um centro de Lucas Vasquez da esquerda aos 6 minutos.

Empurrado pela torcida, o PSG apostou suas fichas no ataque e tentou pressionar o adversário, mas a situação se complicou com a expulsão de Verratti, aos 20 minutos, por um segundo cartão amarelo por reclamação.

Esperança de um milagre

Apesar de atuar com um a menos em campo, o time parisiense chegou ao empate com Cavani, reacendendo as esperanças de um milagre.

Mas o brasileiro Casemiro, um dos destaques do Real Madrid, colocou ponto final nas ambições do PSG com um gol quase ao final da partida. Com o resultado, o PSG deixa a Liga dos Campeões de maneira melancólica e compromete mais uma vez o projeto dos proprietários qataris do clube, que apostaram em contratações milionárias para tentar levar o time a um novo patamar no futebol europeu.

Mais uma vez, o clube francês não se mostrou à altura do desafio.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.