Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 19/11 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 19/11 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 19/11 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 19/11 08h57 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 19/11 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 19/11 08h30 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 17/11 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 17/11 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

PSG apresenta prodígio Mbappé, 2° jogador mais caro depois de Neymar

media O atacante Mbappé foi apresentado no estádio Parque dos Prícipes do PSG nesta quarta-feira, 6 de setembro de 2017. REUTERS/Gonzalo Fuentes

"Era importante para mim voltar à Paris", disse Kylian Mbappé nesta quarta-feira (6), durante sua apresentação ao novo clube Paris Saint-Germain (PSG). O jogador francês mais caro da história deve jogar já nesta sexta-feira (8) contra o Metz, ao lado de Neymar.

De terno e sentado ao lado do presidente do PSG Nasser Al-Khelaifi, o atacante foi apresentado à imprensa. Ele revelou que tinha a perspectiva de continuar no Monaco no final da temporada passada, que tinha dado prioridade para ficar no clube, mas "aconteceram coisas" que o fizeram mudar de opinião. O jovem prodígio de 18 anos, que cresceu em Bondy, na região metropolitana da capital francesa, não quis por enquanto dar mais detalhes sobre sua transferência. "Sei que muita gente se pergunta porque (saí do Monaco). É compreensível. Agora é o momento de falar unicamente do PSG. Não foi uma quebra com os dirigentes do Monaco. Tenho muito respeito pelo vice-presidente Vadim (Vasilyev). Mas existem coisas que já contarei, vocês vão saber em breve", acrescentou.

Mbappé agradeceu com humor "os advogados que quebraram a cabeça nos últimos tempos por uma boa causa", fazendo referência à manobra econômica montada para que ele pudesse vestir a camisa do PSG. O jovem, emprestado pelo Monaco ao PSG por uma temporada, tem opção de compra avaliada em € 180 milhões, tornando-se o jogador francês mais caro da história. Apenas Neymar, que deixou o Barcelona pelo PSG por € 222 milhões, o supera.

Na sexta-feira (1), a Uefa abriu uma investigação formal sobre o PSG para avaliar o possível descumprimento do fair-play financeiro, após essas milionárias negociações que provocaram um terremoto no mundo do futebol.

PSG é um dos melhores do mundo

Mbappé insistiu que a ambição do novo clube foi uma das razões que o levaram a optar pela mudança. "É um dos melhores clubes do mundo, muito ambicioso, e que quer se transformar no melhor, colocando os ingredientes para realizar o projeto o quanto antes. Isso era importante para mim", comentou o jovem. O jogador também avaliou a transferência do ponto de vista pessoal: "era importante não sair da França, depois de apenas seis meses em alto nível, e voltar para a cidade em que nasci e cresci".

Os jornalistas também perguntaram sobre seu novo status no PSG, onde formaria um trio de luxo ao lado de Neymar e do uruguaio Edinson Cavani. "Meu educadores e minha família me prepararam para o que pudesse acontecer. Estou diante de vocês e por enquanto estou bem, mas chegarão momentos difíceis", falou o atacante francês, que marcou o primeiro gol com a seleção na partida contra a Holanda, na quinta-feira (31) da semana passada. "É preciso ser humilde e começar aprendendo. Aqui existem jogadores que ganharam quase tudo. Vai ser uma experiência enriquecedora e tenho muito que aprender e provar", concluiu.

Estreia no PSG

Mbappé pode estrear no PSG já nesta sexta-feira jogando contra o Metz, fora de casa, numa partida válida pela quinta rodada do campeonato francês. O atacante já treinou com a equipe na segunda (4) e terça-feira (5), e fará os treinos normais com o grupo hoje e amanhã. O técnico Unai Emery afirmou nesta quarta-feira que o jogador "está pronto para começar a jogar com a equipe."

Os brasileiros, que jogaram com o Brasil duas partidas pelas eliminatórias da Copa do Mundo na Rússia, voltam hoje à Paris. Neymar está confirmado no ataque contra Metz, mas Thiago Silva, que deixou o gramado ontem um minuto antes do fim da partida contra a Colômbia, ainda é incerto. "Não sei ainda se a contusão dele é grave", indicou Emery.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.