Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/09 15h00 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 17/09 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Lewis Hamilton vence GP da Itália e é novo líder do Mundial de F1

media Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Itália neste domingo, 3 de setembro de 2017. Max Rossi/REUTERS

O piloto britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu neste domingo (3) o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1. Com o resultado ele garantiu a liderança do Mundial de Pilotos, ultrapassando o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari. O brasileiro Felipe Massa ficou em 8º lugar.

No circuito de Monza, Lewis Hamilton largou da pole pela 69ª vez na carreira, novo recorde da F1, e cruzou a linha de chegada à frente do companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas. Sebastian Vettel ficou em terceiro lugar e agora está a três pontos de distância do novo líder do Mundial.

Sob forte sol, Hamilton liderou o Grande Prêmio italiano de ponta a ponta, com exceção de uma volta, após parar nos boxes para reabastecer. O britânico venceu pela quarta vez na carreira em Monza, um circuito que proporcionou ao público uma prova repleta de ultrapassagens e de emoções.

Líder na pista, vaiado no pódio

Hamilton é o primeiro piloto a vencer dois GPs seguidos em 2017 e chega às últimas sete provas da temporada em ótima forma. No pódio, Hamilton acabou sendo vaiado por grande parte dos 75.000 espectadores, fanáticos torcedores da Ferrari que exaltaram Vettel. "Eu adoro estar aqui na Itália e gosto da paixão dos torcedores, principalmente os da Ferrari", declarou o piloto da Mercedes. "Eu respeito essa energia, mas estou feliz, fizemos um grande trabalho esta semana", completou.

"Vamos conseguir!", prometeu Vettel aos torcedores, ao ser perguntado sobre as chances de conquistar o título mundial, logo após perder a liderança do campeonato pela primeira vez na temporada.

Embora o britânico tenha vencido a prova, o destaque do dia acabou sendo o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que fez uma impressionante corrida de recuperação, graças a uma ótima estratégia de paradas nos boxes que lhe valeu a 4ª colocação. Após largar da 16ª colocação, punido por uma troca de motor, Ricciardo havia ganho 12 posições quando parou nos boxes na 38ª volta.

Seu companheiro de Red Bull, o holandês Max Verstappen, que também parecia capaz de fazer ótima prova, acabou se chocando com o brasileiro Felipe Massa na 3ª volta, teve um pneu furado e precisou se contentar com a 10ª colocação. Massa, por sua vez, largou do 7º lugar e cruzou a linha de chegada em 8º, logo atrás do companheiro de Williams, o canadense Lance Stroll, com quem protagonizou bonito duelo nas últimas duas voltas.

Confira a classificação do Mundial de Pilotos:

1. Lewis Hamilton (GBR) 238 pts

2. Sebastian Vettel (ALE) 235

3. Valtteri Bottas (FIN) 197

4. Daniel Ricciardo (AUS) 144

5. Kimi Räikkönen (FIN) 138

6. Max Verstappen (HOL) 68

7. Sergio Pérez (MEX) 58

8. Esteban Ocon (FRA) 55

9. Carlos Sainz Jr (ESP) 36

10. Nico Hülkenberg (ALE) 34

11. Felipe Massa (BRA) 31

12. Lance Stroll (CAN) 24

13. Romain Grosjean (FRA) 24

14. Kevin Magnussen (DIN) 11

15. Fernando Alonso (ESP) 10

16. Pascal Wehrlein (ALE) 5

17. Daniil Kvyat (RUS) 4

18. Stoffel Vandoorne (BEL) 1

E a classificação do Mundial de Construtores:

1. Mercedes-AMG 435 pts

2. Ferrari 373

3. Red Bull 212

4. Force India 113

5. Williams 55

6. Toro Rosso 40

7. Haas 35

8. Renault 34

9. McLaren-Honda 11

10. Sauber 5

(com informações da AFP)

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.