Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 17/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 17/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/07 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

"Real Madrid é o rei da era moderna", diz imprensa espanhola após título da Liga dos Campeões

media Jogadores do Real Madrid levantam o troféu da vitória Reuters / Carl Recine Livepic

"O Real Madrid é o rei da era moderna": a imprensa espanhola comemorou o 12º título do clube, neste domingo (4), depois de vencer o italiano Juventus por 4 a 1 na final da Liga dos Campeões e abocanhar o bicampeonato inédito do torneio.

"A demolidora vitória de Cardiff coroa o melhor time da era moderna", escreveu o jornal esportivo Marca, que estampou na capa: "Os donos do universo!".

"O melhor time do século 20 é também o melhor do século 21", acrescentou o diário, em referência aos seis títulos conseguidos entre 1956 e 1966 e as novas seis taças levantadas desde 1998.

"A dupla vitória de 2017 equipara este Real com o time lendário comandado por Di Stéfano", indicou o jornal antes de concluir: "O time de Zidane se coloca entre os melhores de todos os tempos por direito próprio".

O Marca enaltece o trabalho do jogador português Cristiano Ronaldo, que "continua a sequência triunfal na Liga dos Campeões, fazendo uma final espetacular com dois gols".

Já o jornal Mundo Deportivo destacou que o Real Madrid fez história ao se tornar o primeiro clube a vencer duas vezes seguidas a principal competição interclubes europeia na era moderna. A publicação ressaltou que o técnico francês Zinedine Zidane "se transformou em um mito no banco de reservas".

CR7 no topo

"O Real Madrid é campeão com justiça", escreveu o jornal Catalunya Sport, que indicou que "o ritmo imposto por Cristiano Ronaldo e o bom tom dos jogadores deixaram o time de Allegri sem defesa".

"Duas vezes lendário", titulou o jornal da capital espanhola AS, comemorando que "o Madrid despedaçou o Juventus em um segundo tempo para ser lembrado".

"Aquele material com o qual Di Stéfano cruzou o Atlântico há mais de 70 anos permanece inalterável com o passar do tempo e transformou o Real em peça inquebrável na Copa da Europa", disse o jornal. "Nenhum outro clube está feito da mesma maneira e nenhum outro poderia chegar tão longe", acrescentou.

Também destacou a contribuição de Cristiano na reta final da competição continental: "O português marcou 10 gols entre as quartas de final e a decisão, aumentando sua lenda de grande escalador dos topos mais altos".

Nos outros veículos de imprensa, a vitória do Real Madrid também ocupou espaço muito destacado. "Supercampeões da nossa era", titulou El Mundo, enquanto que o ABC optou por "Real Madrid sem limites" e o La Razón por "Doze vezes reis".

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.