Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 17/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 17/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Finlandês Bottas conquista primeira vitória da carreira em GP da Rússia

media Valtteri Bottas comemora primeira vitória na Fórmula 1. REUTERS/Maxim Shemetov

O finlandês Valtteri Bottas conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1, neste domingo (30), no Grande Prêmio da Rússia, em sua quarta corrida com as cores da Mercedes e na 81ª desde que estreou na categoria, em 2013.

Depois de largar da terceira posição, Bottas terminou à frente das duas Ferrari, do alemão Sebastian Vettel, que conquistou a pole position na véspera, e do compatriota Kimi Raikkonen.

"Valeu a pena esperar! Precisei de um pouco de tempo", brincou Bottas, de 27 anos, depois de superar a linha de chegada à frente de Vettel em um final emocionante. "Precisei de mais de 80 corridas", acrescentou, agradecendo a Mercedes, "sem a qual não teria sido possível conquistar esta vitória".

Exemplos finlandeses

Bottas afirmou no pódio que deseja seguir os passos de compatriotas campeões do mundo: Keijo "Keke" Rosberg (1982), Mika Häkkinen (1998, 1999) e Raikkonen (2007). "É o único objetivo em minha carreira, continuarei lutando para alcançá-lo", disse.

O companheiro de Bottas na Mercedes, o britânico Lewis Hamilton, terminou fora do pódio (4º). Desde o primeiro Grande Prêmio no Autódromo de Sochi, em 2014, apenas as Mercedes subiram ao lugar mais alto do pódio.

Após a vitória de Bottas, a classificação geral do Mundial 2017 permanece liderada por Vettel, com 86 pontos, seguido por Hamilton, com 73. Bottas, por sua vez, acumula 63 pontos.

Furo no pneu

O brasileiro Felipe Massa terminou em nono depois de precisar voltar aos boxes por um pneu furado. O espanhol Fernando Alonso (McLaren-Honda) não pôde largar depois de não ter conseguido completar a volta de formação por um problema de potência no motor. Esta é a primeira vez que o campeão mundial em 2005 e 2006 com a Renault não largou em uma corrida desde o GP dos Estados Unidos em 2005.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.