Ouvir Baixar Podcast
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 22/07 09h30 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 21/07 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 22/07 09h33 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 21/07 09h36 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/07 09h57 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/07 15h00 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/07 15h06 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/07 15h27 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Lama impede gol de Lucas na sofrida vitória do PSG pela Copa da França

media O atacante Lucas Moura, em lance do jogo entre o PSG e o Niort pela Copa da França, na quarta-feira, 1° de março de 2017. XAVIER LEOTY / AFP

O Paris Saint-Germain se classificou para a quartas de final da Copa da França ao bater na noite desta quarta-feira (1°) a equipe de Niort por 2 a 0. A partida foi disputada em um gramado em péssimas condições devido ao mau tempo. A vitória poderia ser mais ampla se a lama não tivesse impedido um gol do brasileiro Lucas, já nos acréscimos.

O atacante brasileiro chutou da entrada da área para o gol que estava livre, devido a uma saída errada do goleiro adversário. A bola seguia em direção ao fundo das redes, mas parou em uma poça, a poucos centímetros da linha do gol. Na sequência, um zagueiro do Niort chegou à frente de outro atacante do PSG e evitou o que seria o segundo gol no time parisiense na partida.

A cena viralizou nas redes sociais com vários comentários sobre o "azar" do jogador brasileiro que teve um gol evitado pela "lama".

Três dias depois da impressionante goleada de 5 a 1 sobre o arquirrival Olympique de Marselha na casa do adversário, o confronto com o fraco Niort, time da 2ª divisão do futebol francês, tinha tudo para ser um passeio.

Mas a equipe parisiense, apesar de dominar completamente a partida, teve dificuldades de concretizar as oportunidades e só chegou à vitória no final.

Poupando diversos jogadores para jogos importantes do campeonato francês e para enfrentar o Barcelona no dia 8 de março pela Liga dos Campeões, o treinador espanhol do PSG, Unai Emery, optou por escalar uma equipe muito diferente para atuar no estádio René-Gaillard, cujo gramado ficou muito prejudicado pela chuva. 

Emery titularizou jovens jogadores como o atacante Jean-Kevin Augustin, e o português Gonçalo Guedes, a mais nova contratação do clube.

Além disso, colocou reservas como o lateral brasileiro Maxwell e o polonês Grzegorz Krychowiak. Mas como a equipe tinha dificuldades em furar a defesa adversária, o técnico se viu obrigado a mexer no time no segundo tempo, e deu certo.

O argentino Javier Pastore abriu o placar aos 33 minutos, apenas cinco minutos depois de ter entrado em campo. O atacante, conhecido como "El Flaco", que se mostrou decisivo contra o Marselha, voltou a demonstrar que é uma peça importante no esquema de Emery.

Depois do lance de Lucas os 46 minutos, o PSG ainda teve tempo de confirmar a vitória magra com Cavani, aos 49 minutos, aproveitando falha do goleiro do Niort.

Um sorteio depois das cinco partidas realizadas na quarta-feira definiu os confrontos das quartas de final da Copa da França. O PSG pegará na próxima fase o Avranches, equipe da 3ª divisão do campeonato francês.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.