Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/03 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/03 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/03 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/03 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/03 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/03 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/03 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 17/03 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

China envia delegação recorde para os Jogos Olímpicos de 2016

media Recorde: 416 atletas olímpicos representarão 1,3 bilhão de chineses. REUTERS/Suzanne Plunkett

Depois de terminar em segundo lugar no quadro geral de medalhas na última Olimpíada, os chineses anunciam sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro com a maior delegação da sua história, fora da China.

O país enviará 416 atletas, sendo 256 mulheres e 160 homens, que competirão em 26 modalidades esportivas - 20 atletas a mais do que os enviados em 2012 para os Jogos Olímpicos de Londres, informou a agência oficial de notícias da China, a Xinhua.
 

A atleta mais nova da delegação chinesa, a nadadora Ai Yanhan, competirá por medalhas nos 200 metros em nado livre e nos 4x200 livre com revezamento. Já a mais velha, a atiradora Chen Ying, de 39 anos, tentará repetir a sua medalha de ouro, conquistada nos Jogos de 2008, no tiro de pistola a 25 metros.
O Comitê Olímpico Chinês garantiu também a presença no Rio de Janeiro de Ning Zetao, o nadador mais popular da China, primeiro asiático a ganhar os 100 metros livres no Campeonato Mundial de Natação, em 2015.
 

Decepção
 

Ficou de fora, no entanto, o ginasta Zou Kai, o mais destacado atleta olímpico chinês, que ganhou seis medalhas em dois jogos (2008 e 2012), sendo cinco de ouro. Aos 28 anos, Kai tem apresentado frequentes contusões.
 

Esperança

Este ano, a China espera quebrar o seu recorde de medalhas olímpicas, alcançado em 2008, quando, competindo em casa, os chineses ganharam 100 medalhas, terminando o evento em primeiro lugar, à frente dos Estados Unidos. Entre os esportes dominados pelos chineses estão o tênis de mesa, o badminton, a ginástica, o halterofilismo e o tiro ao alvo.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.