Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 13/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 13/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 13/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 13/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 13/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 13/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 12/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 12/11 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Trio ofensivo latino-americano confirma superioridade Barcelona

media Trio ofensivo do Barcelona, Neymar, Luis Suarez et Lionel Messi comemoram gol contra o Bayern, na terça-feira 12 de maio de 2015. Reuters / Ina Fassbender

Como previsto, o Barcelona confirmou sua presença na final da Liga dos Campeões, apesar da derrota de 3 a 2 para o Bayern de Munique na noite de terça-feira (12). Neymar fez os dois gols do time espanhol que garantiram a vaga, já que no primeiro jogo, o Barcelona venceu o time alemão por 3 a 0. Mas a imprensa francesa credita a classificação dos espanhóis ao incrível trio latino-americano do ataque do Barça.

“O trio Messi-Suárez-Neymar classificou o Barcelona para a final da Liga dos Campeões”, afirma a agência AFP. O jornal L’Équipe diz que os três atacantes mostram uma “eficiência desconcertante” tanto na Liga dos Campeões quanto no campeonato espanhol. Ao todo, o trio MSN marcou 114 gols desde o início da temporada. “A melhor associação ofensiva da história do futebol contemporâneo”, garante o diário esportivo.

O segundo gol de Neymar na semifinal de ontem contra o Bayern ilustra o perfeito entrosamento do trio latino-americano do Barça, diz L’Équipe. O atacante brasileiro marcou ontem seu nono gol na Liga dos Campeões, um a menos que Messi, e seu 24° em 2015. Para o Le Parisien, Neymar, que também marcou um gol na partida de ida da semifinal contra o Bayern, se transformou “no carrasco dos alemães”.

Segundo finalista

Real Madrid ou Juventus? Um desses dois times vai disputar a final da Liga dos Campeões contra o Barcelona. O Real Madrid joga na noite desta quarta-feira (13) em casa e é favorito. O clube espanhol pode conquistar a vaga com uma vitória simples, de 1 a 0, já que perdeu o primeiro jogo em Turim por 2 a 1 e pode ser beneficiado pelo gol marcado fora de casa.

Mas o Juventus, que tem na defesa seu ponto mais forte, prometeu complicar a tarefa de Cristiano Ronaldo e companhia. Além disso, o time italiano conta com a volta de um de seus principais jogadores: o meio-campista francês Paul Pogba.

Processo contra Barcelona

Fora dos gramados, a justiça espanhola decidiu nesta quarta-feira indiciar o Barcelona e seu atual presidente, Josep Maria Bartomeu, por fraude fiscal na transferência de Neymar do Santos para o clube espanhol. O ex-presidente do Barça, Sandro Rosell, que comandava o clube no momento da contratação do atacante brasileiro em junho de 2013, também será processado. O pedido de indiciamento tinha sido feito em fevereiro deste ano pelo Ministério Público espanhol.

O Barcelona e seus dirigentes são suspeitos de terem ocultado o custo real da transferência de Neymar. O clube declarou ao fisco espanhol que pagou € 57 milhões pelo passe do jogador. Mas a justiça avalia que o valor seja superior a € 82 milhões e que o Barça deixou de pagar aos cofres públicos em impostos cerca de € 12 milhões. O caso provocou a demissão de Sandro Rosell.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.