Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/11 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • EUA: tiroteio deixa três mortos em supermercado em Oklahoma
Esportes

Brasil terá zaga com "sotaque francês" para amistosos contra França e Chile

media O zagueiro Thiago Silva do PSG. REUTERS/Eric Gaillard

O treinador Dunga escolheu quatro zagueiros que atuam no futebol francês para integrar a lista dos jogadores convocados para os amistosos contra a França, no dia 26 de março, em Paris, e contra o Chile, no dia 29, em Londres. Além de Thiago Silva, David Luiz e Marquinhos, do PSG, o treinador volta a dar outra oportunidade para Fabinho, do Mônaco.

A convocação desses quatro atletas ilustra bem a estratégia de Dunga de aliar continuidade e renovação no futebol brasileiro. David Luiz e Thiago Silva, eleitos melhores zagueiros do mundo pela Fifa em 2014, apesar do fracasso do Brasil na Copa, representam a experiência. A dupla vive uma de suas melhores fases desde que os dois jogadores começaram a atuar juntos com a camisa do Paris Saint-Germain.

Conversas diárias para melhorar entrosamento

David Luiz tem mostrado seu lado versátil, sendo escalado como volante defensivo quando assim exige a tática do treinador Laurent Blanc. Mas é o entrosamento e a convivência diária com Thiago Silva, dentro e fora de campo, que tem feito a dupla progredir junto, segundo ele.

"A gente tenta crescer e melhorar a cada dia, para sempre dar segurança à equipe. Eu e o Thiago conversamos todos os dias, tentamos aprender algo novo porque o futebol está cada vez mais dinâmico e os jogos vão ficando cada vez mais difíceis. Queremos continuar dessa forma", afirma David Luiz.

Thiago Silva, capitão do PSG, vem colhendo elogios desde o início do ano, após superar momentos difíceis devido a uma lesão na coxa, no início da temporada, e também à decepção como capitão de uma equipe humilhada na Copa disputada em casa. O "Monstro" admitiu que deu a volta por cima e se encontra em uma de suas grandes fases.

"Estou em um momento bom da minha carreira. No início da temporada, fui trabalhando, crescendo, e me encontro na melhor forma possível", declarou recentemente em entrevista à Rádio França Internacional.

Novatos em busca de espaço

A boa fase de Thiago Silva e David Luiz também colabora para uma melhor visibilidade de Marquinhos. De "reserva de luxo", o zagueiro, de 20 anos, conquistou aos poucos seu espaço entre os titulares do time parisiense.

Ele tem sido escalado também na lateral direita, mostrando uma boa adaptação em diversas posições no sistema defensivo. Marquinhos acredita que a boa fase da dupla Thiago Silva e David Luiz também o ajuda em campo. "Ter alguém ao lado como o Thiago Silva ou o David Luiz, que também está muito bem, me ajuda muito", confessa.

Marquinhos esteve em campo no jogo do PSG contra o Chelsea pela Liga dos Campeões, em Paris, e foi analisado de perto pelo treinador da seleção brasileira. E antes mesmo da convocação, já não escondia a expectativa de ser novamente lembrado por Dunga. "Foi muito bom ter jogado contra o Chelsea, quando o treinador da seleção veio ver a partida. É sempre bom estar mostrando trabalho, estar sempre pronto para quando as oportunidades aparecerem, responder à altura", afirmou.

Outro jogador polivalente que agrada Dunga é Fabinho, de 21 anos, que terá nova oportunidade de conquistar um lugar cativo na seleção. Contratado pelo Mônaco como lateral direito, ele tem sido aproveitado pelo treinador Lauro Jardim também no meio campo. Sua atuação na vitória contra o Arsenal por 3 a 1, na casa do adversário, pela Liga dos Campeões, parece ter conquistado de vez o treinador brasileiro.

Mas Dunga avisou, durante a coletiva, que Fabinho foi chamado para o posto de lateral. Com o ex-jogador do Fluminense, o treinador brasileiro fortalece a estratégia de ter várias opções para renovação da equipe.

Fabinho já foi chamado em agosto passado para substituir Maicon, afastado por indisciplina. Mas a concorrência por uma vaga na equipe titular com Danilo, do Porto, tende a ser rude.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.