Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 15/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 15/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 15/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 14/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 14/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 14/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 14/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 14/11 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Sebastian Vettel pilota Ferrari pela primeira vez na Itália

media Sebastian Vettel, ainda com o macacão da Red Bull, conversa com Fernando Alonso (à direita), que deixou a Ferrari, no dia 20 de novembro, no circuito de Abu Dhabi. REUTERS/Ahmed Jadallah

O piloto alemão Sebastian Vettel testou neste sábado (29), pela primeira vez, um carro da Ferrari, nove dias depois de ser anunciado como novo piloto da escuderia italiana. A volta na pista aconteceu em uma sessão interna de testes no circuito privado da Ferrari em Fiorano, perto de Modena, na Itália.

Vettel fez o reconhecimento das curvas do circuito a bordo de uma Ferrari 458, máquina de série, antes de trocar para um modelo F2012, o carro que a Ferrari utilizou na temporada 2012 da Fórmula 1.

O jornal esportivo Gazzetta dello Sport, que fotografou o treino, informou que o tetracampeão alemão usava um capacete branco, com a inscrição "meu primeiro dia na Ferrari", além da data deste sábado (29).

Vettel assinou contrato de três anos com os italianos, após sua bem-sucedida passagem pela Red Bull. Seu contratou terminou à meia noite dessa sexta-feira (28).

O piloto negociou seu ingresso na Ferrari sem agente, diretamente com Sergio Marchionne, o novo presidente da escuderia. A imprensa italiana acredita que ele vá receber de € 80 a 100 milhões (cerca de R$ 300 milhões) pelas três temporadas.

Neste ano, Vettel ficou em quinto lugar no Mundial de Pilotos, 217 pontos atrás do campeão Lewis Hamilton. Já a Ferrari fechou 2014 sem uma única vitória, algo que não acontecia desde 1993.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.