Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Brasil derrota Camarões de goleada e vai enfrentar Chile nas oitavas

media Seleção brasileira comemora vitória contra Camarões por 4 a 1 em Brasília. REUTERS/Ueslei Marcelino

A seleção brasileira se qualificou para as oitavas de final nesta segunda-feira (23) ao derrotar Camarões por 4 a 1 em Brasília. Neymar foi novamente a estrela da partida, ao marcar dois gols no primeiro tempo. O Brasil enfrentará o Chile e a Holanda joga contra o México na próxima etapa da Copa do Mundo.

Elcio Ramalho, enviado especial a Brasília

O Brasil terminou em primeiro lugar do grupo A ao superar o México no saldo de gols. O resultado saiu como previsto, mas a seleção brasileira sofreu para chegar à vitória e à sonhada classificação. Mais uma vez, o time de Luiz Felipe Scolari voltou a mostrar falhas no sistema defensivo de meio campo e precisou contar com o brilho e os gols de Neymar para avançar.

O jogo serviu também para o técnico fazer várias mudanças na equipe e testar jogadores de meio campo e ataque.

Primeiro tempo

Aos gritos de “o campeão voltou”, vindos dos mais de 69 mil torcedores que coloriram de amarelo as arquibancadas do estádio de Brasília, a seleção brasileira começou o confronto no ataque e com sede de gols. Logo no primeiro minuto, em um contra-ataque rápido, Neymar se lançou e abriu para Hulk, que cruzou para o meio da área, mas a bola desviou para escanteio.

Apesar da dominação em campo, os brasileiros tiveram dificuldades para encontrar os espaços na defesa de Camarões. O time africano mostrou logo que estava vivo em campo e, em um contra-ataque, quase marcou com Choupo Moting, que teve o chute desviado por Marcelo. Aos poucos, a equipe africana foi encontrando espaços no meio campo defensivo do Brasil e se impondo.

Mas aos 16 minutos, Luiz Gustavo roubou a bola e cruzou para Neymar, livre de marcação, tocar com categoria e abrir o placar. O camisa 10 voltou a assustar com um sem pulo de perna esquerda.

O troco de Camarões veio na sequência. Aos 26 minutos, Nyom ganhou de Daniel Alves e cruzou para dentro da área. A bola passou na frente de Júlio Cesar e Joel Matip completou sozinho para dentro do gol, empatando a partida.

O desempate veio aos 34, quando novamente Neymar trouxe alívio para a seleção ao aproveitar um passe de Marcelo, que deixou o atacante livre na intermediária. O camisa 10 avançou e chutou entre as pernas do zagueiro, enganando o goleiro Itandje. O gol fez Neymar despontar para a artilharia da Copa.

Segundo tempo

A seleção brasileira voltou modificada para o segundo tempo, com Fernandinho no lugar de Paulinho. A pressão começou logo nos primeiros momentos, com Fred tendo uma primeira oportunidade aos 2 minutos, com um chute de esquerda de fora da área, defendido por Itandje.

Aos 4 minutos veio o gol que tirou o peso sobre o jogador. Em lance pela esquerda, David Luiz cruzou para o meio da área e encontrou o camisa 9 livre para completar de cabeça. Fred ampliou o placar e fez o seu primeiro gol da Copa. Na comemoração, ele fez uma reverência aos torcedores do estádio Mané Garrincha.

Fred comemora com a torcida do estádio Mané Garrincha o terceiro gol contra Camarões. REUTERS/Dominic Ebenbichler

Com a partida dominada, Felipão fez aproveitou para fazer várias mudanças. Hulk foi substituído por Ramires e William entrou no lugar de Neymar.

O ataque ganhou mais velocidade e o quarto gol veio aos 39 minutos, após uma roubada de bola de Oscar na área. Sobrou para Fernandinho, que completou com o bico da chuteira decretando a goleada do Brasil. E como no início da partida, a torcida gritou “Ôôô, o campeão voltou…”
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.