Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/10 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 19/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 19/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Economia

Com alta de 15%, ações da Ferrari têm largada sensacional em NY

media Diante de uma NYSE coberta pela bandeira da Ferrari, o presidente da FCA é cercado por jornalistas depois da estreia da marca italiana na bolsa de Nova York REUTERS/Lucas Jackson

A Ferrari superou as expectativas em sua estreia na bolsa de Nova York, com as ações subindo 15% já na abertura do pregão. A primeira cotação da fabricante italiana de carros esportivos na NYSE (New York Stock Exchange) foi de US$ 60, oito dólares acima do preço fixado na véspera, que já elevava o valor líquido da companhia a cerca de US$ 10 bilhões.

No final da manhã (horário norte-americano), a valorização do título recuou para US$ 55,42, uma alta de 6,57% em relação ao preço de base. A princípio, a equipe de marketing do grupo queria que as ações fossem negociadas sob o código RED, mas ele não estava disponível. Então, no lugar da cor, a referência da Ferrari na bolsa americana será sua especialidade: RACE (corrida, em inglês).

Para marcar presença em sua primeira IPO nova-iorquina, a subsidiária de luxo da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) ocupou Wall Street: os investidores vestiam blusões e bonés vermelhos da marca, todas as telas estavam vermelhas, e o CEO da holding, Sergio Marchionne, soou o sino que, tradicionalmente, marca a abertura do pregão. Do lado de fora, modelos de última geração eram exibidos ao lado do carro de Fórmula 1 que foi pilotado por Sebastian Vettel, um dos ídolos da scuderia.

O sucesso da oferta pública de 9% do capital é uma vitória não só do presidente do grupo, mas também de Pero, filho do fundador da marca, Enzo Ferrari, e dono de 10% da empresa. Os outros 80% são divididos entre os acionistas, que também certamente estão celebrando a valorização da marca pela abertura na NYSE.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.