Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 16/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Economia

Presidente da Nintendo, inovador no setor de videogames, morre aos 55

media O presidente do grupo Nintendo, Satoru Iwata, morreu aos 55 anos. REUTERS/Toru Hanai/Files

O japonês Satoru Iwata, uma das figuras mais importantes da história dos jogos eletrônicos, morreu neste final de semana, vítima de câncer. O falecimento foi anunciado pela empresa nesta segunda-feira (13). Sob o seu comando, a Nintendo lançou marcos do setor, como os consoles portátil (DS) e de mesa Wii.

Considerado um desenvolvedor genial, Iwata começou a trabalhar na Nintendo em 2000 e dirigia o grupo desde 2002, o que em termos de Japão significa uma ascensão fulgurante. "Foi ele quem ampliou a gama de jogadores, conquistando mulheres e pessoas de mais idade", recorda o jornal Nikkei.

Em um primeiro momento, Iwata será substituído por duas pessoas, Shigeru Miyamoto, criador de jogos e personagens, e Genyo Takeda, um dos atuais diretores da Nintendo. A morte de Iwata acontece dois anos depois do falecimento de seu antecessor, Hiroshi Yamauchi, um dos pais dos video games no Japão, que morreu em setembro de 2013, aos 85 anos, vítima de uma pneumonia.

Yamauchi comandou o grupo Nintendo - que tem sede em Quioto - durante mais de meio século, de 1949 a 2002, quando foi substituído por Iwata. Foi o patriarca Yamauchi que abriu o caminho para que a empresa se transformasse nos anos 80 em uma pioneira dos jogos eletrônicos, quando o setor ainda engatinhava.

Transição

Iwata havia decidido recentemente incluir a Nintendo em uma associação com a empresa japonesa DeNA para desenvolver aplicativos para celulares. O objetivo da união era explorar os famosos personagens da Nintendo, Mario, Pikachu, entre outros, nos aplicativos, e administrar de forma conjunta um serviço de usuários e um programa de fidelidade. A ação da Nintendo subiu 21% um dia depois do anúncio da associação.

A morte inesperada de Satoru Iwata acontece no momento em que a nova estratégia - que os analistas consideram muito promissora - não foi ainda totalmente implementada. Outros projetos de Iwata incluiam um novo console, batizado provisoriamente de NX e um aparelho responsável por medir e melhorar a qualidade do sono.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.