Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 20/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Brasil

Financial Times acusa Rolls-Royce de ter pago propina à Petrobras

media Sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro REUTERS/Sergio Moraes/Files

Em manchete de primeira página, o jornal econômico Financial Times diz nesta segunda-feira (16) que a Rolls-Royce subornou funcionários da Petrobrás a fim de conseguir um contrato de US$ 100 milhões. Além de carros de luxo, a empresa britânica também fabrica turbinas de gás para plataformas da estatal brasileira.

O Financial Times cita o depoimento de Pedro Barusco, ex-executivo da empresa petroleira, que reconheceu às autoridades ter recebido pessoalmente pelo menos US$ 200 mil da Rolls-Royce. Ele afirma que outros executivos e políticos também ganharam propinas da fabricante.

Em declaração transmitida à agência France Presse, a Rolls-Royce afirma que não tolera “nenhum tipo de comportamento inadequado no processo de contratos” e afirmou que tomará “todas as atitudes necessárias para assegurar o cumprimento das leis”.

Em um segundo comunicado, a empresa diz ainda não ter os detalhes das “alegações contidas em artigos recentes da imprensa e que não se aproximou de autoridades brasileiras”, na tentativa de aliciamento. A Rolls-Royce acrescenta que está disposta a colaborar com as autoridades de todos os países.

A empresa britânica é acusada em outros escândalos de suborno na China e na Indonésia. As ações da Rolls-Royce estavam em queda de 0,69% no pregão de Londres no final da manhã.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.