Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Economia

Twitter anuncia pedido de entrada na bolsa de valores

media Um tuíte da empresa Twitter anunciando seu pedido de entrada na bolsa de valores. REUTERS/Hyungwon Kang

Seguindo os passos do Facebook, o Twitter prepara sua entrada na Bolsa. O anúncio foi feito nesta quinta-feira  e o mercado já aguarda com expectativa o lançamento das ações do microblog.

 

O Twitter encaminhou nesta quinta-feira toda a documentação necessária para a autoridade americana que controla a bolsa de valores (SEC, na sigla em inglês) analisar seu pedido de entrada no mercado de ações.

A empresa anunciou pelo próprio, twitter, claro, que optou por uma Oferta Pública de Ações planificada. Depois do Facebook, a primeira rede social a entrar na bolsa, em 2012, o mercado esperava este anúncio do Twitter que tem mais de 200 milhões de usuários pelo mundo escrevendo mensagens em apenas 140 caracteres.

Segundo especialistas, a empresa vale entre 10 e 15 bilhões de dólares.O grupo vem preparando há vários meses seu lançamento e até anunciou na terça-feira passada a compra de MoPub, uma start-up dedicada à publicidade em dispositivos móveis.

O desafio do Twitter é que sua entrada na bolsa seja um sucesso, o que não aconteceu com o Facebook. A rede social fundada por Mark Zuckerberg teve uma série de problemas e as ações despencaram já no segundo dia de operações. A recuperação demorou mais de um ano.

O Twitter pode se beneficiar de uma nova lei americana que permite uma entrada "confidencial"na bolsa, ou seja, a empresa não é obrigada a revelar seus resultados financeiros até 21 dias antes do famoso "roadshow", a reunião na qual banqueiros e dirigentes apresentam suas futuras ações a investidores institucionais.

Alguns experts consideram que se o Twitter optar por essa estratégia, é porque tem algo a esconder, o que pode gerar desconfiança no mercado.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.