Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 20/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/09 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 16/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 16/09 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Vários mortos e feridos em tiroteio em Maryland, leste dos EUA
Cultura

Ingressos para ver Al Pacino no teatro em Paris custam quase mil euros

media Al Pacino, no festival de Veneza, em 2014. Reuters/Tony Gentile

O ator americano Al Pacino, 78 anos, vai apresentar um espetáculo em um teatro de Paris nos dias 22 e 23 de outubro. Apesar do preço, entre €90 e €950 (aproximadamente R$430 e R$4.500, respectivamente), os bilhetes mais baratos foram vendidos rapidamente. “Eu te amo, Al Pacino, mas não vou poder escolher entre você e o meu aluguel”, brincou um internauta no Twitter.

Em Paris, ele fará o espetáculo solo “Uma noite com Al Pacino”, em inglês e sem tradução, onde vai falar sobre sua carreira no cinema e no teatro. “Sonho há muito tempo em me apresentar em Paris”, disse o ator.

“Graças a um amigo em comum, [o ator francês] Jean Reno, o sonho de Al Pacino vai se concretizar finalmente. Ele tem uma imensa paixão pelo teatro e conhece os grandes textos”, declarou Richard Caillat, diretor-geral do Teatro de Paris, que recebe o artista.  

Michael Corleone e Tony Montana

Aos 78 anos, Pacino é um dos maiores ícones do cinema americano, tendo imortalizado personagens em filmes como a trilogia de O Poderoso Chefão, Scarface e Serpico. Ele ganhou o Oscar de melhor ator em 1993, com Perfume de Mulher. Mas o ítalo-americano também tem uma sólida carreira no teatro, tendo protagonizado várias montagens, entre outras, de Shakespeare, como Ricardo III, Otelo e O Mercador de Veneza.  

“Eu nunca quis realmente fazer Hamlet, mas ele sempre foi uma fonte de inspiração em toda a minha carreira. Gosto de Tchekhov, Molière e muitos outros dramaturgos”, declarou Pacino em uma entrevista ao jornal Le Figaro.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.