Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/10 15h00 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 14/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 14/10 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Romain Vicari, artista plástico franco-brasileiro, expõe "bumerangue cultural" em Paris

Romain Vicari, artista plástico franco-brasileiro, expõe
 
O artista plático Romain Vicari que expõe em Paris RFI

O Palais de Tokyo, um dos endereços mais badalados da arte contemporânea jovem, está expondo “I have on the top of my tongue your name almost forgot”, de Romain Vicari, artista plástico pluridisciplinar franco-brasileiro. Ele visitou a RFI para falar de seu trabalho e lembrar que seu foco agora são as eleições no Brasil, em outubro.

No subsolo do imenso prédio, às margens do rio Sena, as obras de Vicari formam um percurso interativo, de esculturas de resina colorida e metal, sons e cheiros. Vicari explica que o título da exposição vem da música “Comme um boomerang”, de Serge Gainsbourg. “Esse bumerangue cultural faz parte da exposição, são as coisas que viajam de um lado para outro e acabam se modificando”, conta.

“É uma viagem quase espiritual, mística. Estamos num espaço bruto, parece um estacionamento subterrâneo, nenhum chão é reto. Foi um desafio ocupar o espaço de 500 m² e criar um percurso para o visitante, que chega até a rua. Tem muita influência do Brasil, de umbanda, de espiritismo, candomblé, xamãs, da estética afro que veio com a colonização e depois outras influências estrangeiras. Esse mix cultural, esse bumerangue, é tudo essencial para o meu trabalho”, diz Romain Vicari.

Vista da exposição de Romain Vicari, "Palais de Tokyo (13.07 - 09.09.2018), Paris. Cortesia do artista. Fabrice Gousset

Além das esculturas e instalações, Vicari também apresenta um videoclipe de rap, com o seu alter ego MC Elias. “Eu me interesso em usar todos esses meios de comunicação diferentes. O funk vai chegar lá, mas o rap foi muito tocado no Brasil nos últimos dois anos, é uma música pura, que vem das ruas e que chegou ao mainstream, ficou chique”.

Vista da exposição de Romain Vicari, "Palais de Tokyo (13.07 - 09.09.2018), Paris. Cortesia do artista. Fabrice Gousset

O artista plástico tem uma grande preocupação: “o foco agora é nas eleições de outubro, no Brasil. Sempre que tem Copa, o brasileiro tem tendência a se esquecer das eleições”.

A exposição de Romain Vicari no Palais de Tokyo vai até 9 de setembro de 2019. Para a entrevista completa, clique no vídeo abaixo:

 


Sobre o mesmo assunto

  • França

    Pintinhos nascem depois de serem chocados por artista em museu de Paris

    Saiba mais

  • Brasileiro expõe instalação gigante no Palais de Tokyo, em Paris

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.