Ouvir Baixar Podcast
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 21/01 08h57 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 21/01 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 21/01 08h30 GMT
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 20/01 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 20/01 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 20/01 14h00 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 19/01 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 19/01 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Anna Torres abre 2018 com novo CD, "Voilà Paris!"

Anna Torres abre 2018 com novo CD,
 
Anna Torres: lançando "Voilà Paris!" no dia 3 de janeiro. RFI

Há 14 anos radicada na França, a intérprete maranhense Anna Torres atuou sempre como uma espécie de embaixatriz da MPB em Paris. Em 2018, ela realiza uma nova experiência artística, lançando nesse mês de janeiro o álbum “Voilà Paris!”, uma coletânea de grandes sucessos da canção francesa, que ficaram conhecidos no mundo inteiro pela voz de Edith Piaf, Jacques Brel, Serge Gainsbourg ou Charles Aznavour.

A ideia desse disco partiu de um show realizado por ela no ano passado no Teatro Arthur Azevedo no centro de São Luis, onde ela interpretou músicas francesas e sentiu a necessidade de homenagear a França, “país que me acolheu e recebeu também a minha música”- diz ela.

Com arranjos bem brasileiros, Anna consegue misturar bossa-nova, samba, funk ou jazz em faixas como “La Vie en Rose” e “Je ne regrette rien”, consagradas por Edith Piaf, ou "La Bohême", famosa pela interpretação de Charles Aznavour.

Anna Torres trilhou diversos caminhos musicais antes do álbum “Voilà Paris!” e efetuou um retorno às suas raízes maranhenses no CD “Terra”, um álbum autoral, independente e totalmente produzido por ela em 2015.

No disco ela homenageava São Luis e sua cidade natal, Lago da Pedra. Um álbum dançante, cuja primeira faixa “Grudou” teve origem num clipe gravado nos Arcos da Lapa, no Rio de Janeiro, com a participação do Neguinho da Beija Flor.

Em 2014, ela lançou na França o álbum 100% brasileiro “Lounge do Brasil” (um trocadilho com “Longe do Brasil”), revisitando os maiores sucessos da MPB como "Águas de março", "Garota de Ipanema", "Mais que nada" ou "Fio Maravilha".

Para o lançamento do seu novo CD, “Voilà Paris!”, Anna Torres fará um show no próximo dia 26 de janeiro no New Morning, em Paris, que já recebeu os maiores nomes da MPB.

Clique no box abaixo para assistir à entrevista completa de Anna Torres.

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.