Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 17/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 17/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/09 15h00 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Músicos brasileiros influenciam franceses desde o século 19, conta pesquisadora

Músicos brasileiros influenciam franceses desde o século 19, conta pesquisadora Zélia Chueke, pianista e pesquisadora RFI

A universidade Sorbonne, em Paris, acolhe no dia 14 de fevereiro o seminário Brésil: relations internationales, échanges musicaux (Brasil: relações internacionais e trocas musicais). O evento aborda as influências recíprocas entre compositores franceses e brasileiros.

O seminário anual é organizado pelo Instituto de pesquisas de musicologia (IReMus na sigla em francês) e pelo Grupo de Pesquisas Músicas Brasileiras (GRMB na sigla em francês), entidade criada em 2005 durante o Ano do Brasil na França. O evento traz palestras e debates sobre a presença de músicos brasileiros em Paris desde 1808, mas também sobre músicos franceses que moraram no Brasil nos anos 1930.

“Encontramos influência da música francesa em nossos compositores do século 19 até hoje. Alguns compositores de música contemporânea chegam a dizer que nenhum compositor deixou de ser influenciado pelo francês Claude Debussy. Mas também encontramos o inverso, com uma influência muito pertinente e coerente de ritmos e melodias brasileiros na obra de compositores franceses desde o século 19”, comenta a pianista e pesquisadora Zélia Chueke, diretora do GRMB e uma das responsáveis pelo evento.

Em sua participação no seminário, Zélia apresenta parte de uma longa pesquisa sobre alguns desses compositores franceses inspirados pela produção brasileira. Ela conta, por exemplo, como é possível encontrar vestígios importantes do lundu, gênero cultivado no Brasil entre os séculos 18 e 19, na obra do francês Henri Duvernoy (1820-1906). Também se apresentam no seminário a historiadora da música Marie Duchêne-Thégarid e a pesquisadora Nathalia Hartwig.

Ouça a entrevista completa clicando na foto acima ou assista o vídeo abaixo.


Sobre o mesmo assunto

  • RFI CONVIDA

    Soprano brasileira Camila Titinger disputa concurso de ópera em Paris

    Saiba mais

  • RFI CONVIDA

    Música também é alvo de preconceito, diz pesquisador

    Saiba mais

  • RFI CONVIDA

    Música clássica brasileira encontra bossa nova em teatro parisiense

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.