Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Festival leva filmes franceses às telas de Minas Gerais

Festival leva filmes franceses às telas de Minas Gerais
 
Roberto de Matos, coordenador-geral do FestFrance. Foto: RFI Brasil

Um amplo painel da produção cinematográfica francesa vai ser exibido em Belo Horizonte entre os dias 19 e 30 de outubro durante a 2ª edição do FestiFrance, uma mostra do cinema francês que o público da capital mineira terá a oportunidade de assistir de graça. Na programação, 67 filmes de longas, médias e curtas-metragens, de animação, ficção e documentários.
 

“Nosso grande objetivo é divulgar a cultura, a língua, o cinema francês e possibilitar o intercâmbio entre os dois países”, afirmou o coordenador-geral do FestFrance, Roberto de Matos, em entrevista à Rádio França Internacional.

Uma das propostas do festival é apresentar o trabalho de jovens diretores franceses como Guillaume Renusson, 26 anos, que estará em Belo Horizonte como um dos convidados do festival. Ele irá participar de workshops de direção e oficinas de roteiro com o público. Renusson também vai apresentar divulgará seu curta “La nuit, tous les chats sont roses” (“À noite, todos os gatos são rosas”, em tradução livre). Depois do FestFrance, o diretor francês deverá embarcar para uma temporada de intercâmbio no Rio Grande do Sul para ministrar workshops para o público gaúcho.

O festival tem um foco especial na sessão de curtas-metragens. Dos 244 filmes inscritos nesta categoria, 25 foram selecionados e irão concorrer a vários prêmios, entre eles o do júri e do público. Depois dos 11 dias de exibição no Sesc Palladium, em Belo Horizonte, o festival se tornará itinerante e vai percorrer várias cidades mineiras durantes três meses.

Diante do interesse crescente do público brasileiro pela produção cinematográfica francesa, Roberto de Matos estuda ampliar o Festival para além das fronteiras mineiras e estendê-lo para outras regiões do país. “Estamos em negociação com a Universidade de Manaus para oferecer uma programação para o ano que vem”, adiantou.

 


Sobre o mesmo assunto

  • Imprensa francesa

    Jornais comemoram sucesso do cinema francês em 2011

    Saiba mais

  • Festival de Biarritz América Latina 2016 tem forte presença do Brasil

    Saiba mais

  • França/Cinema

    Filme brasileiro conquista dois prêmios em Festival de Cinema francês

    Saiba mais

  • França/Cultura

    A 3ª edição do festival de cinema francês on line está no ar

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.