Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Em Cannes, Short Film Corner abre portas para os curtas-metragens

Em Cannes, Short Film Corner abre portas para os curtas-metragens
 
O curta Coisa-Malu foi produzido pelos alunos da Unicamp de São Paulo. Marcelo Nisida

Short Film Corner é o grande mercado dos curtas do Festival de Cannes. É nele que diretores, produtores e compradores se encontram e negociam. A feira é cotada e pode decidir o futuro de uma obra. 

 

O cineasta brasileiro Marcello Teles conhece bem o Short Film Corner. Neste ano, ele foi selecionado com sua última produção, “O Túmulo da Velha”. Telles explica que trata-se do lado mercantil do festival. Os curtas que participam do Short Film Corner passam por uma seleção e são assistidos por possíveis compradores.
"Eles montam um catálogo com as informações básicas de todos os curtas e quem vai até Cannes para comprar curtas, olha estes catálogos e busca aquilo que interessa. Por isso que o título das obras é importante, porque chama a atenção e intriga os possíveis compradores", explica.
Outro curta brasileiro que está no Short Film Corner é "Coisa-Malu", feito pelos alunos do curso de Midialogia da Unicamp. Dominique Gogolevsky, que dividiu a direção de fotografia com outros dois colegas, conta que o filme trata sobre uma menina que vive num mundo de fantasia.
"Fizemos o filme para uma disciplina na faculdade e ele acabou sendo selecionado em um edital interno da Unicamp. Com isso, todo o Instituto de Artes da faculdade se envolveu no projeto. Foi uma experiência muito legal e temos grandes expectativas sobre a visibilidade que o curta vai ganhar por estar participando do festival", afirma.
Para dar uma ideia, no ano passado 105 países participaram do salão, com 2.420 curtas inscritos e mais de 3 mil pessoas credenciadas.

 

 

 


Sobre o mesmo assunto

  • Filmes da França e Romênia abrem competição em Cannes

    Saiba mais

  • Cannes/Festival

    Com Woody Allen e segurança máxima, começa o Festival de Cinema de Cannes

    Saiba mais

  • A Semana na Imprensa

    Para revistas francesas, Kristen Stewart é a musa deste Festival de Cannes

    Saiba mais

  • Cannes 2016/Cinema

    Saiba a história do cartaz do Festival de Cannes de 2016

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.