Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 22/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 22/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Em Paris, Orlando Morais lança projeto musical "Orla Mundo"

Em Paris, Orlando Morais lança projeto musical
 

O cantor e compositor brasileiro Orlando Morais escolheu a capital francesa para lançar sua nova aventura musical intitulada "Orla Mundo". Ele já é conhecido por seu trabalho individual e por seu grupo "Rivière Noire", recompensado no ano passado na cerimônia "Victoires de la Musique" como melhor álbum do gênero World Music; porém, "meio cigano", está sempre aberto a novos encontros e culturas, o que resultou no projeto atual. 

Falando sobre o show de estreia no dia 6 de maio, no Café de la Danse, ele explica que "o público vai ver no palco cinco países diferentes comungando o mesmo amor, a mesma afeição, a mesma vontade de convivência". Nessa comunhão ele tem diversos convidados famosos: o acordeonista de Madagascar Régis Gizavo, o chinês Guo Gan, que toca um instrumento milenar, as irmãs argentinas Caronni e uma das grandes vozes da África, o malês Kassé Mady Diabaté. Um melting pot que certamente vai encantar o público com suas sonoridades e influências.

Interrogado sobre sua voz carregada de sentimento, Orlando Morais se revela: "A palavra cantada está muito ligada com sua sinceridade. Quando eu canto eu tenho que ir no fundo da minha alma buscar a coisa mais íntima que tenho, nas cavernas mais profundas, para descobrir como eu posso realmente passar para as pessoas a minha verdade".

Depois de Paris, "Orla Mundo" segue para o Brasil, apresentando-se no Rio, na quadra da escola de samba da Portela, em Goiânia e em Brasília.


Sobre o mesmo assunto

  • RFI CONVIDA

    "Álbum 'Tropix' é uma mistura do eletrônico com o tropical", diz Céu

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.