Ouvir Baixar Podcast
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 18/11 08h57 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 18/11 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 18/11 08h30 GMT
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 17/11 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 17/11 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 17/11 14h00 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 17/11 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 17/11 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Estilista Azzedine Alaïa morre aos 77 anos em Paris

Começa a temporada de prêmios literários na França

Começa a temporada de prêmios literários na França
 
O prêmio Goncourt 2014, mais importante dos prêmios literários franceses será anunciado dia 5 de novembro. Siegfried Forster / RFI

O final de outubro e começo de novembro marca a distribuição tradicional dos mais cobiçados prêmios literários da França, como o Goncourt, o Renaudot, o Médicis e o Femina. O assunto domina o mercado editorial, a mídia e as conversas de amigos. Trata-se de não só de um selo de qualidade para o leitor diante de muitas opções, mas também da garantia de venda milhares de exemplares suplementares para escritores, editores e livrarias.

O livro é o principal produto cultural na França, num mercado avaliado em € 3,9 bilhões em 2013, ano em que foram lançados mais de 74 mil títulos. Mais da metade dos franceses compraram pelo menos um livro no ano passado, segundo o ministério da Cultura. Tudo isso justifica a grande movimentação midiática em torno da entrega dos prêmios.

Para Paula Anacaona, da editora Anacaona, de Paris, especializada em edição de livros brasileiros em francês, existem dois tipos de freguês de livraria: o que sabe exatamente o que quer comprar e o que precisa de sugestões diante de tanta oferta. “Ter ganho um prêmio pode ajudar em muito na decisão do leitor, além disso, a divulgação acontece pouco antes do Natal, e assim o livro vira uma boa opção de presente em várias ocasiões”, diz Paula.

Francês da África

Na quarta-feira, será anunciado o Goncourt, o mais importante dos prêmios literários franceses. Pela primeira vez, um escritor em língua francesa vindo do continente africano e publicado antes em seu país de origem está na lista dos finalistas, no caso, o argelino Kamel Daoud, de 44 anos, com seu primeiro romance, “Mersault, contre-enquête”. Os outros concorrentes são David Foenkinos, Pauline Dreyfus e Lydie Salvayre.

Para um escritor, o prêmio Goncourt significa uma média de 400 mil exemplares vendidos.
 


Sobre o mesmo assunto

  • França/Literatura

    Romance sobre Primeira Guerra Mundial vence prêmio Goncourt

    Saiba mais

  • Reportagem

    Escritor Jérôme Ferrari é laureado com o Prêmio Goncourt

    Saiba mais

  • Literatura/Goncourt

    Livro sobre passado colonial francês leva prêmio Goncourt

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.